Em posse de Conselho, secretário de Infraestrutura destaca importância do CEC para gestão municipalista - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

26/02/2018

Em posse de Conselho, secretário de Infraestrutura destaca importância do CEC para gestão municipalista

© Chico Ribeiro
Durante a solenidade de posse do Conselho Estadual das Cidades (CEC/MS), o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, destacou a atuação da gestão municipalista do Governo do Estado e a importância dos Conselhos como elo entre a gestão estadual e a sociedade civil. “As ações do Conselho vem ao encontro daquilo que é determinação do governador Reinaldo Azambuja: fazer um governo municipalista. O Conselho nos dá subsídio, sob o olhar de quem está da porta para fora, que é a sociedade civil organizada”, pontuou. O evento aconteceu na tarde desta segunda-feira (26.2), no auditório do Governadoria, onde o secretário foi empossado presidente do CEC, no período de 2018 a 2021.

Durante o evento Miglioli ainda destacou a contribuição do CEC/MS para o desenvolvimento do Estado. “Não tenho dúvida que esse Conselho agrega muito ao desenvolvimento do nosso Mato Grosso do Sul e individualmente de todos os nossos municípios. E nesse Conselho em especial, percebemos claramente em todos os membros, uma preocupação muito grande em achar soluções, ao invés apenas de apontar os problemas”, destacou.

Para o governador Reinaldo Azambuja, a importância do Conselho além de levantar as necessidades estruturais dos municípios, está no direcionamento dos recursos de acordo com as com a realidade de cada um. “Hoje o crescimento desordenado das cidades tem acarretado inúmeros problemas. Então, nortear o planejamento urbano não pode e não deve ser feito por apenas pensando-se na expansão e no critério econômico. Mas sim olhar para a segurança das pessoas e o desenvolvimento social que elas poderão ter nas novas localidades, na expansão territorial das cidades. Eu vejo municípios criando novos perímetros urbanos, muitas vezes, sem pensar nas consequências futuras que isso trará para o desenvolvimento da segurança das pessoas que moram em cada cidade. Então o Conselho, é o órgão regulador que ajuda a direcionar o bom desenvolvimento urbano para as 79 cidades de mato Grosso do Sul”, explicou.

O Conselho Estadual das Cidades é um órgão deliberativo com a finalidade de assessorar, estudar e propor diretrizes políticas fundiárias e de habitação, saneamento ambiental, trânsito, transporte e mobilidade urbana. Ele foi criado pela Lei 2.940/ 2004.

Paralelo ao evento de posse do CEC/MS também aconteceu a posse do Conselho Gestor do Fundo de Habitação de Interesse Social de Mato Grosso do Sul (CONGFEHIS), onde a diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani, foi nomeada titular.

Confira abaixo a lista dos empossados na tarde hoje:

Conselho Estadual das Cidades:
  • Poder Público Estadual: Inês Pereira Esteves (titular Detran/MS); Edson Guardiano de Oliveira (suplente Sejusp/MS); Antônio Cláudio de Almeida (titular Sanesul); Valdirene Gaetani Faria (suplente Defensoria Pública); Maria Elisa Caseiro (titular Assembleia Legislativa); deputado Marcio Fernandes (suplente Assembleia Legislativa); 
  • Poder Público Federal: Paulo César de Matos (titular) e Ricardo Souza (suplente), da Caixa Econômica Federal; Aroldo Figueiró (titular) e Luiz Antônio de Oliveira (suplente), do CREA/MS; 
  • Poder Público Municipal: (prefeituras) – João Ricardo Somensi (titular Naviraí); Anino Pereira de Oliveira (suplente Figueirão); Vera Cristina Bacchi (titular Campo Grande); Anízio dos Santos (suplente Dourados);
  • Movimentos Sociais e Populares: Valdo Pereira de Souza (titular), Orly Lopes (suplente), Edson Nunes (titular) e Elza de Matos (suplente) da FAMEMS; Antônio Mendes da Silva (suplente), Rosemeire da Silva (titular), Edymar Cintra (suplente) e Sânia Gomes (titular), da SAM/MNLM;
  • Entidades de trabalhadores: Elizeu Pacheco, Fetricom/MS (titular); Ivan Perez, STTCUCG (suplente); Kelly Hokama, Sindarq/MS (titular); Jorge Tadeu Almeida, Senge (suplente);
  • Entidades empresariais: Júlio Viveros, Sinduscon (titular); Francis Yamamoto, Águas Guariroba (suplente); Cláudio Kitaguti, Secovi/MS (titular); Rodrigo Wazlawich, ACISGA (suplente);
  • Entidades profissionais, acadêmicas ou de pesquisas: Dirceu Peters, IAB/MS (titular); Orlando Moreira Júnior, UEMS (suplente); Jorge Pinto, UFMS (titular); Silvia Bontempo, OAB/MS (suplente);
  • Organizações não-governamentais: Rosana Puga de Moraes, SPA.

Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul 
Por: Raquel Pereira – Secretaria de Estado de Infraestrutura