Dinapec 2018: Presidente do Sistema Famasul anuncia inauguração do Centro de Excelência, do Senar - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

07/02/2018

Dinapec 2018: Presidente do Sistema Famasul anuncia inauguração do Centro de Excelência, do Senar

Evento foi realizado hoje na sede da Casa Rural, em Campo Grande

© Divulgação
Será inaugurado, no dia 07 de março, o Centro de Excelência em Bovinocultura de Corte, do Senar, em Campo Grande/MS. O anúncio foi feito pelo presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, durante o lançamento oficial da Dinapec 2018 – Dinâmica Agropecuária, realizado nesta quarta-feira (08), na sede da Casa Rural.

A Dinapec é uma vitrine de tecnologias, realizada pelo Sistema Famasul e pela Embrapa Gado de Corte, entre 07 e 09 de março, aberta a técnicos, produtores e acadêmicos, dispostos a conhecer as soluções tecnológicas desenvolvidas pela pesquisa agropecuária para os diversos sistemas de produção.

O lançamento contou com a participação de lideranças rurais e políticas do Estado. “O Centro de Excelência além de gerar novos valores, capacitará técnicos que estarão, em breve, no mercado de trabalho de Mato Grosso do Sul e do Brasil, suprindo a atual demanda por mão de obra especializada no meio rural”, afirma Mauricio Saito.

© Divulgação
Sobre a Dinapec 2018, Saito falou que desenvolvimento do Agro, associado à preservação ambiental. “A Dinâmica tem como objetivo compartilhar de tecnologias, elevando o crescimento do setor produtivo não apenas do ponto de vista econômico, mas também do lado ambiental e social”.

O governador de MS, Reinaldo Azambuja, reforçou como o meio rural tem colaborado com a economia do Estado. “Mato Grosso do Sul é o quinto maior produtor de grãos do Brasil, o 3º maior produtor de carne bovina, com a melhor qualidade. Tudo isso é fruto da genética, inovação, pastagens renovadas, entre outras iniciativas”.

A tecnologia rural também foi destacada pelo governador: “Devido à pesquisa, alcançamos altos níveis de produtividade”, perguntando ainda: “Quem não quer produzir com sustentabilidade?”.

O chefe geral interino da Embrapa Gado de Corte, Ronney Mamede, contou a história da Dinapec até se consolidar com uma das principais feiras agropecuária. “O evento nasceu em 2006, com o nome Agroinovação, com a finalidade de disseminar o crescimento contribuindo com a efetividade produtiva do setor”.

A estimativa da Embrapa é reunir mais de 3 mil pessoas, nos três dias de Feira. “A Dinapec auxilia o produtor a produzir a mais e melhor. Atualmente, conta com mais de 40 opções de dinâmicas de pecuária de corte, de leite, produção de milho, Boas Práticas Agropecuárias, entre outros”, salientou Mamede.

Sobre o avanço preservacionista e de crescimento do Agro , o diretor-executivo de Inovação e Tecnologia da Embrapa, Cleber Oliveira Soares, afirmou: “A última estimativa mostra que o Brasil saltou de 11,5 milhões para 12 milhões de hectares em sistemas integrados de produção. Sem falar do plantio direto, iniciativa sustentável”.

Participaram do evento, o diretor tesoureiro do Sistema Famasul, Luis Alberto Moraes Novaes; a diretora-secretária da Federação, Terezinha Cândido; o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan; o diretor técnico do Sistema Famasul, Renato Roscoe e o presidente da Aprosoja/MS, Juliano Schmaedecke; e o diretor regional da Famasul, Jean Pierre.

Também estiveram presentes, o presidente da Fundação MS, Luciano Muzzi; o diretor presidente da Iagro, Luciano Chiochetta; o coordenador de Agronegócio do Sebrae/MS, Marcus Rodrigo de Faria; o diretor-executivo da Reflore/MS, Dito Mário e o presidente da Fundect, Márcio Araujo Pereira.

O diretor-presidente da Agraer, André Nogueira Borges; o superintendente da Semagro, Rogério Beretta; o reitor da UFMS, Marcelo Turine; o presidente da OCB/MS, Celso Régis, a chefe-adjunta de Transferência de Tecnologia da Embrapa Solos, Petula Ponciano; o chefe geral da Embrapa Agropecuária Oeste, Guilherme Asmus e a chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Gado de Corte, Lucimara Chiari, também prestigiaram o lançamento da Dinapec.

Representatividade Rural – Participaram do evento, os presidentes dos sindicatos rurais de: Nioaque, Cláudio Straliotto; Paranaíba, Nilo Alves Ferraz; Iguatemi, Márcio Margato Nunes; Amambai, Ronan Nunes da Silva e Santa Rita do Pardo, Florindo Cavalli Neto. 

Sobre a Dinapec – A realização da Dinâmica Agropecuária tem o apoio das seguintes instituições: Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (SEDESC), Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja de MS (FUNDEMS).

Apoiam também a iniciativa a Fundação MS, Fundação Chapadão, Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária e Ambiental (Fundapam), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/MS), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Rede ILPF, Geneplus, Tramasul, Coimma, Companhia Nacional de Nutrição Animal (Connan), Sistema Brasileiro do Agronegócio, Agrobrasil TV e DBO. O patrocínio é da Associação para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Forrageiras (Unipasto), do Banco do Brasil e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com realização da Embrapa e Sistema Famasul.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul 
Por: Ana Brito