Deputado Lídio Lopes visita aldeia Sassoró e reúne-se com prefeito de Tacuru - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

28/02/2018

Deputado Lídio Lopes visita aldeia Sassoró e reúne-se com prefeito de Tacuru

© Divulgação
A comunidade escolar da aldeia indígena Sossoró, localizada na zona rural do município de Tacuru, distante a 424 quilômetros de Campo Grande, recebeu a visita do deputado estadual Lidio Lopes (PEN), que estava acompanhado do prefeito de Tacuru Carlinhos Pelegrini (PMDB), do vice-prefeito Dr. Marcelo Carlos Gargantini Marques (PMDB) e do vereador Anderson Maciel Marques (DEM), conhecido como Som. Na oportunidade, Lidio Lopes participou da entrega do kit de material escolar aos alunos da Escola Municipal Indígena Ubaldo Aranda Kwe-Mi que conta com educação infantil, ensino fundamental, educação de jovens e adultos, e educação indígena.

Depois, o deputado reuniu-se, com o prefeito Carlinhos Pelegrini com o vereador Som, o vice-prefeito Dr. Marcelo e demais lideranças políticas. Durante o encontro foram elencadas solicitações que visam à melhoria do município. Após pontuar as prioridades, Lidio Lopes comprometeu-se em empenhar recursos, por meio de emenda parlamentar para ajudar a administração municipal, principalmente para área da saúde. “O deputado Lidio sempre tem ajudado, tem cumprido seu trabalho conosco destinando emendas parlamentares para podermos desenvolver nosso trabalho no município”, disse o vereador Som. Lidio Lopes é recordista de emendas parlamentares em seis cidades que compreendem o Cone Sul,entre elas Tacuru.
© Divulgação
O parlamentar este ano já percorreu todas as cidades que integram à região, para ouvir as solicitações de lideranças locais e assim destinar recursos que suprem as necessidades de boa parte dessas localidades, e fazer a interlocução com o governo federal e estadual na busca de recursos e melhorias para os municípios. “Os prefeitos e vereadores sabem o que a população realmente necessita, por isso é importante estarmos sempre em contato, porque eles levam as demandas para o nosso gabinete e com isso podemos ajudar e fazer intermediação com secretários estaduais, bem como superintendentes de outros órgãos”, disse Lidio Lopes.

Fonte: ASSECOM