Inmet alerta para chuvas intensas e ventos de até 100 km por hora em MS - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

19/01/2018

Inmet alerta para chuvas intensas e ventos de até 100 km por hora em MS

Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas

Céu da Capital na tarde de ontem (18) (Foto: Saul Schramm)
Devido ás chuvas intensas, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) colocou 36 municípios do interior de Mato Grosso do Sul em estado de alerta na tarde desta sexta-feira (19). As chuvas podem atingir até 100 milímetros e os ventos chegam a 100 quilômetros por hora.

Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Os municípios em alerta são: Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Caarapó, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima Do Sul, Glória De Dourados, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada Do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte Do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Rio Brilhante, Sete Quedas, Tacuru, Taquarussu, Vicentina e Amambai.

Previsão 

Segundo o instituto, hoje áreas de instabilidade provocam pancadas de chuva e trovoadas isoladas em todo Estado, especialmente no sul onde as chuvas serão de intensas.

Amanhã (19), o sol aparece com poucas nuvens na maior parte do Estado. Exceto na região sul onde ocorrem pancadas de chuva e trovoadas isoladas à tarde de intensidade moderada, ocasionalmente forte.

No domingo predomina sol com poucas nuvens pela manhã e as pancadas de chuva com trovoadas isoladas à tarde, especialmente no oeste, centro e sul do Estado onde as chuvas serão mais intensas.

Na segunda e terça-feira predomina o sol com poucas nuvens em todo estado durante a manhã. O aquecimento diurno e a presença de umidade provocam o aumento de nebulosidade no decorrer da tarde com pancadas de chuva de intensidade fraca à moderada.

Fonte: campograndenews
Por: Guilherme Henri