JBS apresenta sua estratégia para 2018 - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

07/12/2017

JBS apresenta sua estratégia para 2018

Durante JBS Day, diretoria da companhia divulgou também os programas de sustentabilidade e compliance

© Divulgação
Em evento realizado na manhã de hoje, a JBS informou que irá ampliar o portfólio de produtos e marcas de maior valor agregado em todas as unidades de negócios da companhia. Durante o JBS Day, que reuniu analistas e investidores, Gilberto Tomazoni, COO Global, afirmou que a companhia está passando por um processo de transformação de uma empresa de proteína animal em uma companhia de alimentos de alto valor, atuando em uma plataforma global e diversificada.

Para consolidar sua posição de liderança, o portfólio de produtos terá papel fundamental na competitividade da empresa. “A JBS tem apresentado sólidos resultados e as perspectivas. Nossa estratégia é aumentar a geração de valor com três grandes diretrizes: maior geração de caixa, desalavancagem e redução de custo de capital”, disse Tomazoni.

Com foco na geração de caixa, a JBS tem como objetivo ser o melhor operador do mercado. Para isso, estruturou um Plano Global de Sinergias em que o time de profissionais estabeleceu altos padrões e eficiência operacional, pesquisando as melhores práticas entre as diferentes áreas e unidades de negócios da companhia no mundo todo, e está investindo na inovação e gestão do mix de produtos e marcas.

A meta é expandir as margens de rentabilidade com produtos de maior valor agregado, processados e in natura, além de ter flexibilidade para adaptar e gerenciar o mix, sem reduzir preços. “Estamos enxergando uma oferta e demanda de grãos muito equilibrada, com estoques em níveis muito confortáveis em 2018, o que contribui para o aumento de nossas margens”, previu ele.

Para a desalavancagem, a estratégia da JBS está suportada pela disciplina com o Capex, que inclui a otimização do capital de giro, envolvendo a gestão da cadeia de fornecimento, dos estoques e na maximização da capacidade existente, com maior rigor nos investimentos.

Sustentabilidade

Em sua apresentação aos analistas e investidores, o Diretor de Sustentabilidade da JBS, Márcio Nappo afirmou que a estratégia da companhia está pautada em cinco temas considerados de alto impacto para as atividades da empresa e alta relevância para o consumidor: melhorar a qualidade de saúde e segurança no trabalho; bem-estar ambiental; recursos hídricos; Integridade do produto e mudanças climáticas.

Atualmente, para garantir a origem do produto, a JBS tem um compromisso público para compra responsável de matéria prima de fornecedores que não estejam envolvidos com desmatamento no bioma da Amazônia, não tenham embargos ambientais na propriedade, não utilizem trabalho análogo à escravidão e não estejam localizadas em terras indígenas ou áreas de conservação ambiental. O trabalho, que é auditado por empresa independente, em linha com o Compromisso Público da Pecuária no Brasil.

Para monitorar os fornecedores, a JBS opera um moderno sistema de monitoramento socioambiental que utiliza imagens de satélite, dados georreferenciados e informações de órgão de governo para analisar diariamente 70 mil fornecedores de gado no Brasil, identificando e bloqueando aqueles que não estejam em conformidade com os critérios socioambientais da empresa.

Quanto às práticas de bem-estar animal, Nappo destacou o compromisso da Seara em realizar até 2025 a transição do sistema de gaiolas de gestação individuais para coletivas na produção de suínos. Outro compromisso assumido pela Companhia, foi o de comprar ovos comerciais, utilizados como ingredientes em alimentos processados, somente de galinhas criadas livres de gaiolas. Até 2020, os produtos fabricados pela JBS não utilizarão mais ovos de aves confinadas.

Compliance

Marcelo Proença, Diretor Global de Compliance, apresentou os pilares do Programa “Faça Sempre o Certo” para que uma estratégia preventiva seja também eficaz e coloque a JBS como referência global em boas práticas de compliance.

O executivo destacou ainda os principais objetivos da Diretoria de Compliance para o próximo ano, que incluem a ampliação do programa para os demais países de atuação; a substituição dos códigos de conduta locais por um documento único de alcance global; a expansão e aprimoramento das atividades de due diligence de terceiros; o lançamento do programa de treinamentos global; ampliação e aprimoramento da comunicação; identificação, análise e endereçamento dos riscos que a JBS enfrenta nas operações; acompanhamento das investigações; e o aprimoramento da estrutura de governança do Programa de Compliance, envolvendo a alta direção, o conselho de administração e os comitês.

Sobre a JBS

A JBS é uma das líderes globais da indústria de alimentos e conta com cerca de 235 mil colaboradores em mais de 20 países. A companhia possui um portfólio de marcas reconhecidas pela excelência e pela inovação, como Doriana, Friboi, Moy Park, Pilgrim’s Pride, Primo, Seara, Swift, Gold’n Plump, entre outras. A empresa é líder mundial em exportações de proteínas, atendendo a mais de 300 mil clientes em mais de 150 países. Com foco em inovação, essa diretriz se reflete também na gestão de negócios correlacionados, como couros, biodiesel, colágeno, higiene pessoal e limpeza, invólucros naturais, soluções em gestão de resíduos sólidos, embalagens metálicas e transportes. A JBS adota as melhores práticas de governança corporativa e de sustentabilidade em toda a sua cadeia de valor, além de conduzir as suas operações com foco na alta qualidade e segurança dos alimentos e na preocupação com o bem-estar animal.

Fonte: ASSECOM