Cassems convoca Assembleia Geral para debater impactos financeiros provocados por ações judiciais de casais servidores - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

04/12/2017

Cassems convoca Assembleia Geral para debater impactos financeiros provocados por ações judiciais de casais servidores

A redução anual na receita pode chegar a 10 milhões, colocando em risco a qualidade dos serviços prestados pelo plano.

© Divulgação
A Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) convida a todos os beneficiários titulares para a Assembleia Geral Extraordinária (AGE), que será realizada na próxima quinta-feira (07), às 14h, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo. O evento é aberto a todos os servidores estaduais que são beneficiários titulares da Cassems e que estão com a sua situação cadastral regularizada.

A Assembleia Extraordinária vai analisar os impactos financeiros gerados pelas ações judiciais impetradas por casais de servidores que questionam as determinações estatutárias que vedam a possibilidade de qualquer pessoa habilitada para ser associado ou participante da Cassems figurar como dependente de outro associado participante. Nos últimos meses, tem aumentado o número dessas ações, o que pode trazer um passivo judicial de até 50 milhões de reais e uma redução anual de 10 milhões de reais na receita. Esse prejuízo pode colocar em risco não só a qualidade dos serviços prestados pela a Cassems como a própria sobrevivência do Plano.

Diante dessa situação, o Conselho de Administração da Cassems, de forma transparente, responsável e democrática, vai debater com todos presentes na AGE alternativas que assegurem a sobrevivência do Plano com a sua rede de serviços.

Para o Conselho de Administração da Caixa dos Servidores, o que está em pauta é a mudança contributiva e não um reajuste. A mudança contributiva não atinge a maioria dos beneficiários e o objetivo é manter o equilíbrio financeiro do plano, que conta com nove hospitais no Estado e está dando passos significativos na qualidade do atendimento.

A Caixa dos Servidores conta hoje com 52 mil beneficiários associados. Destes, 22 mil não têm dependentes e continuariam contribuindo com 6%, o que configura uma média de contribuição bem abaixo dos valores praticados pelo mercado dos planos de saúde; outros 4,5 mil são casais servidores e seguiriam contribuindo com o maior salário recebido entre os dois; já os 25,5 mil titulares que têm dependentes também passariam pela mudança contributiva que consiste em:

- Beneficiário titular com um dependente: 7%;

- Beneficiário titular com dois dependentes: 7,25%

- Beneficiário titular com 3 dependentes ou mais: 7,5%

A proposta de mudança nas contribuições tem sido discutida há meses, após a diretoria perceber um aumento significativo de ações judiciais por parte do casal servidor. Essas ações obrigam a Cassems a taxar apenas um dos servidores e o outro entraria no plano como dependentes sem ônus. Aproximadamente 200 beneficiários ingressaram com ações desse tipo e boa parte obteve sucesso.

A Cassems foi criada pelos servidores e hoje é o maior patrimônio que o funcionalismo possui. Foi por meio de uma administração responsável que a Caixa dos Servidores se tornou uma referência nacional em qualidade e eficiência. É o maior, o melhor e o mais justo plano de saúde de Mato Grosso do Sul.

Serviço

A Assembleia Geral Extraordinária (AGE) acontece no próximo dia 07 de dezembro, às 14 horas, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, situado na Avenida Waldir dos Santos Pereira, S/N, no Parque dos Poderes, em Campo Grande.

Fonte: ASSECOM