Banda Cristo Redentor celebra 50 anos de sucesso com homenagens - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

18/12/2017

Banda Cristo Redentor celebra 50 anos de sucesso com homenagens

Comemorações lembraram pessoas que construíram uma história de integração social, disciplina, educação e exemplos de família

© Divulgação 
A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS), promoveu a festa de comemoração dos 50 anos de fundação da Banda Marcial Cristo Redentor, na noite de sexta-feira (15).

A solenidade foi na sede do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) Banda Cristo Redentor, coordenado pelo maestro Luiz Carlos Relíquias, com a presença dos familiares dos mais de 220 alunos, que participam desta unidade da SAS.
© Divulgação 
Entre as autoridades, estavam presentes: o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro; o deputado estadual Eduardo Rocha; a secretária de Assistência Social, Vera Helena Arsioli Pinho; e os secretários Antônio Luiz Empke Júnior (Desenvolvimento Econômico), Gilmar Tabone (Administração) e José Pereira (Secretário Geral); diretor do Procon, Mohamed Youssef Jaruuche; presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Eurides Silveira de Freitas; e a campeão paraolímpica mundial de atletismo, Silvânia Costa.

Os festejos, em meio a apresentações instrumentais das variadas composições da Banda Marcial Cristo Redentor, consistiu no reconhecimento de gratidão e homenagem às principais personalidades que construíram a história dos 50 anos da Banda Marcial Cristo Redentor, como explicou o maestro Relíquias.

HOMENAGEADOS

Na solenidade, foram homenageados com a entrega de placa comemorativa, alusiva aos 50 anos da Banda Marcial Cristo Redentor: Pedro Machado de Carvalho, conhecido como “Professor Pedrinho”, pelos mais de 38 anos de serviços prestados; professor Cássio Ander Abdala; o secretário José Pereira, que participou da primeira turma da banda como instrumentista de pistão ou trompete, no período de 1967 a 1972; familiares do saudoso maestro Wanderlei Monteiro, primeiro regente da Banda; e aos familiares do fundador da Guarda Mirim e, posterior Banda Marcial Cristo Redentor, comandante Átila Rodrigues Falcão, representado pelo seu filho, Alexandre Rodrigues Falcão.

Entre os homenageados, foi citado e reconhecido o nome do maestro Eliezer Correia do Nascimento, que não pode comparecer por compromissos de trabalho, previamente assumidos.

NOITE DE EMOÇÕES

A comemoração alusiva aos 50 anos da Banda Cristo Redentor foi “uma noite de emoções e muita música”, como resumiu a secretária Vera Helena.

“Parabéns ao maestro Relíquias pela dedicação e competência, na coordenação desta grande família que é o SCFV Banda Cristo Redentor”, disse.

“Só neste ano, graças à credibilidade que conquistamos, com o apoio do prefeito Guerreiro e da secretária Vera Helena, já realizamos 110 apresentações em vários eventos de Três Lagoas e cidades da região”, relatou Relíquias.

Dirigindo-se também ao maestro Relíquias, o deputado Eduardo Rocha destacou que “Três Lagoas possui a melhor banda do Brasil e isso é motivo de muita honra para todos nós”.


© Divulgação 
Por sua vez, o prefeito Angelo Guerreiro ressaltou que “Três Lagoas não é apenas a capital mundial da celulose, mas a capital mundial de gente boa, talentosa e trabalhadora”, disse.

“Para nós, é de extrema importância termos pessoas dedicadas àquilo que fazem, como o maestro Relíquias”, observou o prefeito.

Por isso, “devemos sempre apoiar o que é bom, o que trás resultados bons para as famílias, para as nossas crianças, adolescentes e jovens”, concluiu Ângelo Guerreiro.


© Divulgação 
© Divulgação 

Fonte: ASSECOM