TRÊS LAGOAS| Prefeitura realizará recadastramento de servidores - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

23/11/2017

TRÊS LAGOAS| Prefeitura realizará recadastramento de servidores

© Divulgação
Administração acredita que o trabalho oferecerá ainda mais controle sob a gestão. E servidores e população podem ganhar com o processo de humanização e controle de gastos

A Prefeitura de Três Lagoas, com o apoio da Secretaria de Administração e em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), apresentará amanhã (24), às 9h, no Plenarinho da Câmara Municipal, Projeto de Melhoria da Qualidade do Gasto Público.

De acordo com o Secretário de Administração, Gilmar Tabone, o projeto será um recadastramento para gerar redução nos gastos. Ele explica que a equipe observou que no início da gestação havia sérias não conformidades na folha de pagamento do sistema, com salários sendo pagos de forma que a atual gestão entende não ser a forma correta; servidores recebendo menos do que de direito, por exemplo. E, por esta razão, uma consultoria foi contratada para fazer um trabalho de esclarecimento e entendimento do que estava acontecendo.

“O objetivo deste projeto é entender o que cada servidor faz, quantos servidores nós temos, se todos estão efetivamente exercendo suas funções para o qual foram contratados, se há possíveis desvios de função”, disse o secretário de Administração, Gilmar Tabone.

Gilmar explica ainda que o ponto mais importante do projeto é reduzir os gastos de folha. “Acreditamos que com esse trabalho vamos ter uma redução nos gastos, cortando excessos de hora extra, excessos de jornada, pessoas que estão recebendo sem trabalhar”, ressalta.

A FIPE terá 180 dias (março de 2018) para realizar o trabalho com todos os servidores que serão convocados para serem ouvidos em uma estrutura que será montada na prefeitura antiga da cidade. Os primeiros a serem convocados serão os servidores da Secretaria de Educação, que detém mais de 50% das contratações.

“Entendemos que o saldo será positivo, pois já temos algumas evidências, dados que a empresa está fazendo nos bastidores, sem convocar ninguém”. O secretário tranquiliza o servidor para o trabalho que será realizado nos próximos meses. “O servidor não precisa se preocupar, pois ele só nos falará o que ele realmente faz na prefeitura. Então, aquele servidor que executa o seu trabalho direitinho e não tem nenhum problema, pode ficar tranquilo que não terá nenhuma penalidade”, explica.

Para Tabone, o trabalho será importante para a população, pois serão identificados os gargalos que nela podem existir.

“Entenderemos as reais necessidades de cada Secretaria como, por exemplo, onde temos mais ou menos funcionários para readequar. Com isso, dentro da colocação do prefeito, a humanização não é só para a população, mas para os servidores também. Para eles terem os recursos necessários para executar um trabalho e dar o atendimento que a população precisa”, conclui o secretário.

Fonte: ASSECOM