Tecnologia do Drone dá nova visão da lavoura para agricultores de MS - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

21/11/2017

Tecnologia do Drone dá nova visão da lavoura para agricultores de MS

© Divulgação
Os veículos aéreos não tripulados vieram para revolucionar o agro no país. A aplicabilidade desses equipamentos é tema do evento ‘Drones e suas aplicações no agronegócio do futuro’, que acontece no dia 22 de novembro, às 19h, na sede da Casa Rural, em Campo Grande.

O encontro é realizado pelo Senar/MS e tem apoio do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS.

A ferramenta permite um manejo mais preciso e uma melhor gestão do trabalho no campo. “Com o equipamento, por meio das funções de GPS, é possível localizar plantas invasoras e realizar aplicações específicas, reduzindo custos e tempo, já que o produtor verifica possíveis problemas e faz a correção rapidamente”, explica o analista de grãos do Sistema Famasul, Leonardo Carlotto.

De acordo com o engenheiro florestal, Thamylon Camilo Dias, da empresa Novo Olhar, apesar de se tratar de uma ferramenta recente na atividade rural, a tecnologia traz mais segurança, rendimento e consequentemente resultados.

“Com baixo investimento, o agricultor diminui o erro, dá uma nova visão do plantio, é um instrumento que complementa a agricultura de precisão. Queremos fomentar este mercado que vem crescendo exponencialmente e que tem grande potencial no Centro-Oeste brasileiro, região bate recordes sequentes de produção”, ressalta.

Entre os temas que serão abordados durante o evento estão a aplicação comercial do drone, a validação dos produtos cartográficos e as novidades deste equipamento na agricultura. Além do engenheiro florestal, também ministrará palestra o engenheiro cartográfico, José Marcato Júnior e o engenheiro elétrico e mestre em matemática computacional, Lúcio André de Castro Jorge.

Mais informações pelo site do Senar/MS.

Serviço

O Quê? ‘Drones e suas aplicações no agronegócio do futuro’

Quando? 22 de novembro, a partir das 19 horas



Fonte: ASSECOM