“Pensei que não fosse acontecer nada”, diz estudante de medicina - JORNAL CORREIO MS