Governo do Estado investe quase R$ 5 milhões em saneamento para melhorar qualidade de vida das famílias de Amambai - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

22/11/2017

Governo do Estado investe quase R$ 5 milhões em saneamento para melhorar qualidade de vida das famílias de Amambai

Os investimentos totalizam R$ 4.602.784,69, sendo R$ 3,8 milhões do Governo Federal, via Funasa, e R$ 802,7 mil contrapartida do Governo do Estado, via Sanesul

Estação de Tratamento de Esgoto de Amambai © Divulgação
Os investimentos do Governo do Estado, por meio da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), vai permitir que um maior número de residências de Amambai tenha acesso à rede de esgoto. A nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do município foi inaugurada pelo governador Reinaldo Azambuja e o presidente da empresa, Luiz Rocha, na segunda-feira (20.11).

“É uma obra importantíssima, porque possibilita a ampliação da coleta e o tratamento do esgoto em Amambai, uma obra de quase R$ 5 milhões, fruto da parceria da Funasa [Fundação Nacional de Saúde] com o Governo do Estado, através da Sanesul, que vai possibilitar a ampliação da rede coletora de esgoto”, afirmou o governador. Atualmente, 40% dos domicílios do município são atendidos pelo sistema de esgotamento sanitário.

Reinaldo Azambuja tem destacado com frequência a importância de se investir em saneamento. “Tem muitos políticos que não gostam de investir em saneamento, mas eu gosto. A primeira obra que fiz quando prefeito de Maracaju, foi uma Estação de Tratamento de Esgoto e uma rede coletora, porque entendo que, quanto mais investirmos em saneamento, mais vamos economizar na saúde da nossa população”, disse o governador.

O presidente da Sanesul, Luiz Rocha, enfatizou que o investimento em Amambai faz parte da política de trabalho da empresa.“Este é o objetivo da Sanesul, além de garantir o abastecimento de água para toda a população, ampliar gradativamente os índices de coleta e tratamento de esgoto em todo o Estado e assim contribuir para a saúde pública, preservação ambiental e desenvolvimento social e econômico dos sul-mato-grossenses”, afirmou.

Os investimentos nessa área em Amambai totalizam R$ 4.602.784,69, sendo R$ 3,8 milhões do Governo Federal, via Funasa, e R$ 802,7 mil da contrapartida do governo de Mato Grosso do Sul.
Governador confere mapa da rede de esgoto da cidade © Divulgação
Os recursos foram destinados à construção da ETE com capacidade de tratamento de 40 litros de esgoto por segundo, implantação de 6.160 metros de rede coletora de esgoto e 150 ligações domiciliares de esgoto, construção de quatro estações elevatórias de esgoto e implantação de 2.912 metros de linha de recalque.

Com a nova ETE, as duas estações de tratamento que atendiam o município serão desativadas, por estarem fora dos padrões ambientais. Com a nova estação, a Sanesul aumentará para 41% o índice de atendimento. A empresa já está negociando com o Governo Federal recursos para ampliar para 60% a cobertura, com a realização de mais 3.560 ligações domiciliares de esgoto.
Governador, presidente da Sanesul e autoridades fazem o descerramento da placa da obra © Divulgação
Estação de Tratamento tem capacidade para tratar 40 litros de esgotos por segundo © Divulgação

Fonte: ASSECOM
Por: Larissa Almeida e Paulo Yafusso