Delação de Ivanildo Miranda desencadeou 5ª fase da Lama Asfáltica - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

14/11/2017

Delação de Ivanildo Miranda desencadeou 5ª fase da Lama Asfáltica

Pecuarista foi apontado como operador de esquema de propina, revelado pela JBS em maio

Policiais deixando prédio onde mora André Puccinelli (PMDB). (Foto: André Bittar).
A 5ª fase da Operação Lama Asfáltica partiu de delação premiada de Ivanildo da Cunha Miranda, conforme apurou o site Campo Grande News. Ele é pecuarista, empresário e apontado como operador maior fabricante de carnes para pagamento de propina, conforme colaboração premiada da JBS, feita em maio deste ano.

Nesta terça-feira (14), PF (Polícia Federal), CGU (Controladoria-Geral da União) e Receita Federal cumprem mandados referentes à quinta fase da Operação Lama Asfáltica, batizada de Papiros de Lama. A operação envolve mais de 300 pessoas e investiga desvios estimados em R$ 235 milhões.

O ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), é um dos alvos e foi levado para Polícia Federal por volta das 8h15. O filho dele, André Puccinelli Junior, também foi conduzido pelos policiais. Há outros seis mandados de condução coercitiva, 24 mandados de busca e apreensão, além do sequestro de valores nas contas bancárias de pessoas físicas e empresas investigadas.

O nome Ivanildo Miranda aparece na delação da JBS - divulgada em maio deste ano - e em 17 páginas de documentos anexados no registro das denúncias feitas à PGR (Procuradoria Geral da República) na Operação Lava Jato.

Naquela colaboração, delatores afirmam que Ivanildo trabalhou como “gerenciador” do esquema por sete anos – entre 2007 e 2014 –, período em que teria movimentado aos menos R$ 105 milhões.

Em um dos trechos da delação de Wesley Batista, um dos donos da JBS, afirma que André Puccinelli e Ivanildo se desentenderam no fim da gestão do ex-governador. “Foi o Ivanildo por sete anos. No finalzinho do governo eu acho que eles se desentenderam, eu acho... ele [Puccinelli] tirou o Ivanildo do contato e pôs esse André Luiz Cance de contato com a pessoa nossa”, contou na ocasião.

Ainda não há detalhes sobre o conteúdo da delação premiada que teria sido feita em Mato Grosso do Sul por Ivanildo, que envolveria políticos daqui e teria resultado na fase de hoje.

Fonte: campograndenews
Por: Mayara Bueno e Marta Ferreira