COSTA RICA| Em Brasília, chefe do Executivo Municipal participa da Mobilização Nacional dos Prefeitos - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

22/11/2017

COSTA RICA| Em Brasília, chefe do Executivo Municipal participa da Mobilização Nacional dos Prefeitos

© Luís Carlos Campos Sales - Assessoria Senador Moka
O chefe do Executivo de Costa Rica – MS, Waldeli dos Santos Rosa, está em Brasília – DF e participa nos dias 21 e 22 de novembro de 2017, da Mobilização Nacional dos Prefeitos, na incumbência de sensibilizar o Congresso Nacional e o Governo Federal, para grave crise financeira que as cidades vivenciam atualmente. 

Nesta terça-feira (21), Waldeli esteve reunido com o senador da República Waldemir Moka, oportunidade em que discutiu com o parlamentar e seus assessores investimentos para Costa Rica. 

Em seguida, Waldeli acompanhado dos prefeitos de Paraíso das Águas Ivan da Cruz Pereira “Xixi” e de Figueirão Rogério Rosalin, bem como de vereadores, debateram com os representantes da bancada de Mato Grosso do Sul: senadores Moka e Pedro Chaves, e os deputados Federais: Geraldo Resende, Luiz Henrique Mandetta e Vander Loubet, o tema da mobilização enfatizando o apelo ao apoio financeiro aos municípios.

“A movimentação dos gestores em Brasília é realizado pela Confederação Nacional dos Municípios e Associações Estaduais, e vem num momento onde um colapso financeiro atinge várias prefeituras do País. Mesmo que Costa Rica tem uma gestão austera, temos dinheiro em caixa para realizar pagamentos em dia e ainda investir, devemos sempre lutar para conseguir ainda mais e desta forma com mais recursos, levar mais qualidade de vida a população”, enfatizou Waldeli ao reiterar que participa da mobilização em apoio a várias cidades da região que passa por difícil momento financeiro. 

Mobilização em Brasília

Lançada no dia 30 de outubro, a campanha "Não deixem os Municípios afundarem" terá como ação principal uma grande mobilização nacional na Capital Federal. A proposta é reunir gestores de todo o País para mostrar a crise vivenciada pelos Entes locais, bem como pressionar o Congresso Nacional a avançar em projetos importantes para os Municípios.

O Encontro de Contas compõe a pauta prioritária, que engloba, ainda, matérias como a atualização dos programas federais, precatórios, a prorrogação do prazo para a destinação adequada dos Resíduos Sólidos, o reajuste do piso do magistério e a edição de medida que estabelece Apoio Financeiro aos Municípios.

Fonte: ASSECOM/PMCR com CNM