CNH eletrônica começa a ser implantada no Distrito Federal - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

16/11/2017

CNH eletrônica começa a ser implantada no Distrito Federal

Motoristas brasilienses poderão acessar documento pelo celular

© José Cruz/Agência Brasil
A Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) começa a valer em dezembro no Distrito Federal. A tecnologia, que já foi implementada em Goiás, vai facilitar a vida dos motoristas brasilienses, que podem apresentar o documento digital ao invés da CNH impressa.

“As novas tecnologias vieram para facilitar o dia-a-dia dos brasileiros, com a CNH-e não só o universo do trânsito passa a ganhar, mas toda a sociedade, já que o documento é um dos mais utilizados na identificação dos brasileiros”, explicou o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Elmer Vicenzi.

O documento digital tem a mesma validade do documento físico e pode ser acessado pelo celular. O arquivo será protegido por um PIN, para dar mais segurança aos dados dos condutores. Em fevereiro de 2018 todos os condutores do País terão acesso ao novo modelo.

“O QR Code é gerado por um algoritmo de propriedade do governo, não é qualquer pessoa que poderá gerá-lo. Toda vez que for exibir a carteira, precisará digitar a senha de quatro dígitos. Se ela perder o celular, ninguém poderá acessar no lugar dela e ela poderá fazer o bloqueio através do portal de serviços do Denatran”, ressaltou Vicenzi.

No próximo mês, o aplicativo da (CNH-e) poderá ser baixado para sistema iOS e Android. Para utilizá-lo, é preciso que a CNH física tenha um QR Code. Quem não tiver o código, precisa retirá-lo em uma das agências do Detran para evitar fraudes. 

Fonte: NAOM - Com informações da Portal Brasil.