'Vou matar você!': delator da JBS e ex-ministro de Temer brigam na prisão - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

05/10/2017

'Vou matar você!': delator da JBS e ex-ministro de Temer brigam na prisão

Mesmo separados, delator e delatados brigam durante banho de sol

© Reprodução
Presos todos no Presídio da Papuda, em Brasília, o executivo da JBS e delator, Ricardo Saud, tem trocado farpas sérias com o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), e com o também delator, Lúcio Funaro, ambos vítimas da delação do grupo empresarial.

Os três não estão presos no mesmo pavilhão, mas o clima tem ficado tenso durante os banhos de sol do grupo. “Saud, eu vou te matar”, tem sido o grito de Funaro e Geddel durante as saídas da cela, para o muro que dá para o lado do delator da JBS.

Segundo a coluna do Estadão desta quinta-feira (5), os gritos de Geddel tem sido respondidos por Saud com “Cala a boca, seu gordo!”. Geddel é o ex-ministro que foi apontado como responsável pelo apartamento onde foram encontrados R$ 51 milhões pela Polícia Federal.

Os advogados dos três presidiários têm se revezado para evitar um encontro entre os três. Eles evitam comentar o clima de brigas e ofensas entre seus clientes, apesar de funcionários da Papuda confirmarem a situação.

Funaro foi apontado como doleiro e operador financeiro do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), preso em Curitiba. Já Saud foi preso acusado de omitir informações importantes dos investigadores da Lava-Jato.

Fonte: Midiaamx
por: Joaquim Padilha