TRÊS LAGOAS| Sala do Empreendedor divulga segundo Case de Sucesso formalizado ao MEI - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

19/10/2017

TRÊS LAGOAS| Sala do Empreendedor divulga segundo Case de Sucesso formalizado ao MEI

Dono da Barbearia do Zé é modelo de criatividade e inovação no segmento

© Divulgação
Mais um Case de Sucesso de Micro Empreendedor Individual (MEI) é divulgado pela Sala do Empreendedor do SEBRAE Regional de Três Lagoas, localizada na Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (SDECT), da Prefeitura Municipal.

Ação tem por objetivo incentivar pequenos empresários locais a deixarem a informalidade para usufruírem de vários benefícios como ter CNPJ, por exemplo, que lhe permitirá a facilidade de abrir conta bancária, contratos com órgãos públicos, financiamentos e emissão de notas fiscais, além de contar com benefício previdenciário tais como auxílio-maternidade, auxílio-doença, aposentadoria, entre outros.

Case de Sucesso

A história de José Henrique Turíbio de Abreu, 24, dono da Barbearia do Zé, pode servir de inspiração para muitos outros jovens empresários.

Em contato com a profissão ainda criança, vendo a mãe trabalhar para ajudar a sustentar a família, José Henrique não imaginava que seguiria o ramo. Foi quando fez um curso no segmento por incentivo dos amigos. “A ideia veio no início de 2016, quando iniciei o curso do Instituto Embelleze for Man e, instantaneamente, comecei a atender alguns amigos e familiares no salão da minha mãe”, explicou.

Em quatro meses ele concluiu o curso e, com o dinheiro guardado e o apoio e ajuda financeira de seus pais, em menos de um ano do início de seus trabalhos o prédio já estava alugado e os móveis e instrumentos de trabalho adquiridos. “Comecei a empresa com uma página no Facebook e cortando o cabelo no salão da minha mãe nos finais de semana e em horários contrários ao meu trabalho. Agora tenho meu próprio espaço”, relembra.

Segundo ele, “ser microempreendedor individual (MEI) já era minha intenção desde o início, visto as possibilidades que eu teria como dono de meu próprio negócio com a formalização”.


© Divulgação
Atualmente, Zé, como gosta de ser chamado, tem investido em especializações na área e de forma criativa e inovadora em seu espaço de trabalho oferecendo os mais variados serviços para os homens que gostam de se cuidar e estar em dia com o visual.

A Barbearia do Zé está localizada na Rua Manoel Pedro de Campos, 658, Santos Dumont. O ambiente é climatizado e conta também com a venda de bebidas para consumo durante o atendimento, além da venda de produtos de beleza para o público masculino.

Como funciona o MEI

O Microempreendedor Individual (MEI) é a pessoa que trabalha por sua conta e se legaliza como Microempreendedor. Para se enquadrar na categoria, a pessoa deve ter como limite de faturamento anual de R$ 60 mil.

A Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008, foi a responsável por criar a possibilidade do trabalhador informal se legalizar, pagando a mensalidade de R$ 47,85 (Comércio), R$ 52,85 (Comércio e Prestação de Serviços) e R$ 51,85 (Prestação de Serviços).

Como se formalizar

Os empreendedores interessados em regularizar sua atividade devem procurar o SEBRAE para agendar o atendimento e assistir uma palestra com informações sobre o MEI. Em seguida o mesmo é dirigido à Sala do Empreendedor munido dos seguintes documentos: RG, CPF, Título de Eleitor, Comprovante de Residência, Comprovante de endereço do empreendimento, CEP atualizado e, caso seja declarante de imposto de renda, levar recibo da ultima declaração.

A Sala do Empreendedor funciona às segundas, quartas e sextas, das 08h às 11h.

Mais informações podem ser obtidas no telefone 3929-9873 com o Walmair Leal ou Laura Amâncio, ambos servidores da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia.
© Divulgação

Fonte: ASSECOM