PONTA PORÃ| Outubro Rosa no Hospital Regional do município desperta atenção dos colaboradores para prevenção - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

20/10/2017

PONTA PORÃ| Outubro Rosa no Hospital Regional do município desperta atenção dos colaboradores para prevenção

© Divulgação
Desde o início do mês de outubro, estão sendo realizadas no Hospital Regional Dr. José de Simone Netto (Hospital Regional de Ponta Porã) palestras, distribuição de lenços, panfletagem e colocação de laços cor de rosa, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e do colo do útero. As ações, em alusão ao movimento mundial Outubro Rosa, foram organizadas pela direção de Enfermagem, Unidade de Terapia Intensiva, Serviço Social e também pelos estudantes do ultimo semestre de Enfermagem da faculdade Anhanguera de Ponta Porã, que desenvolvem atividades de estágio na instituição.

Os estagiários de Enfermagem colocaram lacinhos rosa de conscientização nas equipes de enfermagem, nos médicos, em todos os plantões, e pacientes, representando um alerta para todos. As palestras também serviram de alerta, já que desde a decoração, que contou com balões rosa distribuídos pelos corredores, até a apresentação do conteúdo, que teve banners com informações relacionadas ao Outubro Rosa e um útero de acrílico, foram pensados para explicar melhor sobre a doença aos participantes. 

© Divulgação
Uma das palestras foi ministrada pela estagiária Lanyele Baumer que é acadêmica de Enfermagem. O foco da sua apresentação foi sobre os exames que devem ser realizados periodicamente pelas mulheres, como mamografia, papanicolau, além da vacina contra o vírus HPV. “Eu, como acadêmica, entendo que é importante ter todas essas precauções mas, como colaboradora, e nesse caso eu falo principalmente dos colegas do setor de Enfermagem e dos médicos, entendo que muitas vezes nós ficamos tão presentes dentro do Hospital que acabamos esquecendo desse cuidado pessoal com a nossa saúde. Por isso foi importante destacar isso na palestra", disse. 

Para a professora da turma de Enfermagem, Jhenyffer Samara Galindo Sabino dos Santos, o objetivo real é despertar todos para conscientização de uma doença tão grave. "Sabemos como é agitada a vida de quem trabalha na saúde, por isso viemos aqui falar com os colegas que não se esqueçam de cuidar e olhar para o próprio corpo. Falar de saúde para a comunidade acadêmica é uma satisfação enorme, essa turma está no último ano então para eles, é um orgulho muito grande participar destes eventos, porque tudo foi preparado com muito carinhol", afirma.

As palestras foram oferecidas para os colaboradores, mas toda comunidade de Ponta Porã foi convidada a participar. Os futuros enfermeiros orientaram o público presente sobre a identificação dos sintomas e da importância do diagnóstico precoce. "O principal objetivo em trazer os alunos para expor os temas do Outubro Rosa é proporcionar intimidade com o lugar em que eles estarão trabalhando daqui um tempo e também para lembrá-los que teoria e prática trabalham unidas na profissão", completa a professora Jhenyffer. 

No Pronto Atendimento do Hospital Dr. José de Simone Netto, laços de tecidos rosa também decoraram a recepção como forma de lembrete para todos os usuários que diariamente chegam em busca de atendimento. As assistentes sociais Neusa da Silva Correia e América Cardoso da Rosa e a coordenadora administrativa do Hospital Patrícia de Oliveira, fizeram panfletagens para o público que aguardavam no PS. A doméstica Altamaria Vilha Peralta, de 49 anos, conta que faz o exame preventivo todos os anos mas que fica com receio do exame de mamografia. "Meu medo deve ser o medo da maioria das mulheres da minha idade. Não é vergonha ou medo de doer os seios quando for fazer o exame, o meu maior medo é do resultado. Mas aos poucos, e de tanto as pessoas lembrarem a gente de fazer o exame, a gente vai perdendo o medo com certeza". 

Outros setores também se organizaram e fizeram parte da campanha, como a equipe da cozinha, que colocou banners de mesa personalizados sobre a campanha Outubro Rosa, com dicas do autoexame da mama, os funcionários do setor administrativo trabalharam com lenços rosa no pescoço e o setor de limpeza, que nesse mês de outubro está usando parte do uniforme na cor rosa. 

Outubro Rosa na UTI

Na Unidade de Terapia Intensiva Nislaine Colman Benites, também foram realizadas ações em alusão ao Outubro Rosa. As equipes trabalharam com lenços na cabeça, que depois foram doados para a Rede Feminina de Combate ao Câncer - Malvina de Matos Monteiro de Ponta Porã. "A iniciativa da equipe da UTI de participar Campanha "Outubro Rosa" foi de conscientizar a prevenção e ser solidária às mulheres que são submetidas ao tratamento de quimioterapia e perdem seus cabelos. Nessa fase, o uso dos lenços acaba embelezando as mulheres que estão lutando pela vida", destaca, a enfermeira responsável técnica da unidade, Raquel do Nascimento Amaral. 

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES) - o câncer de mama ainda é a doença com maior ocorrência nas mulheres em Mato Grosso do Sul. Conforme estimativa do INCA (Instituto Nacional de Câncer), foram registrados 820 casos novos em Mato Grosso do Sul nos últimos dois anos e 460 casos novos na capital. Já a taxa de incidência por 100 mil habitantes é de 85,69 em Campo Grande e 65,23 em Mato Grosso do Sul. 

Para quem quiser realizar os exames de mamografia e preventivo, basta procurar a unidade de saúde mais próxima da sua casa e ficar atento à programação do Outubro Rosa de sua cidade. Em Ponta Porã, o caminhão do SESC Saúde Mulher está realizando exames gratuitos de mamografia e preventivo no estacionamento do Centro de Especialidades João Kayatt.

Fonte: ASSECOM
Por: Leonardo Cremer