“Novo aparelho de tomografia é essencial para pacientes” , ressalta Lidio Lopes - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

02/10/2017

“Novo aparelho de tomografia é essencial para pacientes” , ressalta Lidio Lopes

© Divulgação
O deputado estadual Lidio Lopes (PEN) participou na manhã desta segunda-feira (2) da inauguração da sala de Tomografia do Hospital de Câncer de Campo Grande-MS Alfredo Abrão/Fundação Carmem Prudente de Mato Grosso do Sul. Na oportunidade, o deputado Lidio Lopes fez um breve pronunciamento em nome da Assembleia Legislativa ressaltando a importância da aquisição do aparelho para o enfrentamento do diagnóstico do câncer de mama. “A saúde é um gargalo que tem muita demanda e ter esse aparelho de tomografia é essencial para ajudar os pacientes que procuram este hospital.Precisamos amenizar os problemas da população, a parceria dos deputados junto ao governo do Estado para aquisição deste aparelho foi muito importante. Tenho um ônibus, unidade móvel que percorre Mato Grosso do Sul, prestando atendimento nas áreas médica, odontológica e jurídica para atender as demandas dos municípios do interior do Estado, porque nós temos que ajudar o poder publico na prestação de serviços porque a população precisa”, disse Lidio Lopes.
© Divulgação
A aquisição do equipamento foi possível por meio de emenda coletiva entre os parlamentares estaduais da Assembleia Legislativa, que conforme Lidio Lopes somou R$ 500 mil, juntamente com o deputado federal Geraldo Rezende que doou a outra metade do valor, totalizando R$ 1 milhão. Segundo o presidente da Instituição, Claudio Machado, o aparelho tem tecnologia avançada em tomografia computadorizada para ampliar e aprimorar os serviços de imagens que são primordiais para os diagnósticos e tratamentos dos pacientes, com mais qualidade, rapidez e segurança. “O aparelho de tomografia é um complemento essencial no processo de tratamento de câncer, propicia aos pacientes um serviço de alta qualidade”, ressaltou.
© Divulgação
Como forma de homenagear o pai do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que faleceu vítima de câncer aos 59 anos, a sala onde ficará o aparelho recebeu o nome de Roberto Oliveira da Silva. “Importante o trabalho de diagnostico. A falta de diagnostico precoce levou o meu pai ao falecimento aos 59 anos. Temos que juntos buscar na escassez dos recursos públicos mais agilidade, esse é um grande desafio”, disse Azambuja.De acordo com a diretoria da instituição hospital, o serviço de tomografia era terceirizado pelo Hospital do Câncer. Hoje o Hospital Alfredo Abrão disponibiliza pelo menos dez consultórios de Oncologia e 61 leitos para a assistência dos pacientes, além dos serviços de Quimioterapia  e Radioterapia. Segundo o diretor do hospital o aparelho custou R$ 900 mil.


Fonte: ASSECOM