Empresário Zeca Lopes é condenado a 19 anos de prisão por estuprar meninas de 13 e 10 anos - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

23/10/2017

Empresário Zeca Lopes é condenado a 19 anos de prisão por estuprar meninas de 13 e 10 anos

Defesa diz que houve falhas no processo e vai recorrer

Empresário estuprou duas meninas, acusa o MPE  © Assembleia Legislativa
O juiz Marcelo Ivo, da 7ª Vara Criminal de Campo Grande, condenou o empresário José Carlos Lopes, o 'Zeca Lopes' a 19 anos e dez meses de prisão por estupro de vulnerável, de duas meninas de 13 e 10 anos. 

As vítimas do empresário, frequentador assíduo das rodas sociais em Campo Grande, foram, segundo o Ministério Público Estadual, duas meninas, uma de 13 anos e outra de 10.

A cafetina Rosedélia Alves Soares, conhecida no meio político como 'Rose', pegou 25 anos, sete meses e 24 dias de prisão. Outras agenciadoras, Jorsiane Soares Correia e Mônica Matos dos Santos também foram condenadas. As três foram absolvidas do crime de associação criminosa.

O empresário respondia o processo em liberdade. Agora, a defesa diz que vai recorrer da decisão.

''Não vamos recorrer por recorrer. Vamos contestar porque acreditamos que ele deve ser absolvido'', disse o defensor, José Belga Trad.

O advogado de Zeca disse que sobre seu cliente recai a 'presunção de culpa' e não de inocência, conforme rege o Código de Processo Penal.

Trad aponta diversas falhas na acusação. Entre elas, destaca que seu cliente foi reconhecido sem a presença dele, o que é contrário às leis. Disse que as características das pessoas que se envolveram com as menores não correspondem às de seu cliente.

Outro ponto de contestação da defesa, é que não haveriam provas biológicas que comprovariam a participação do empresário no crime.

''Não tem exame de corpo de delito e nenhuma prova biológica, que em casos de crime sexual, é fundamental'', observa José Belga. Ele acrescenta que a condenação de Zeca Lopes atende um anseio popular.

Fonte: TopMídiaNews
por: Thiago de Souza