Coluna do Roberto Costa - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

13/10/2017

Coluna do Roberto Costa


VOVORISTA – O jornalista Laureano Secundo (Diário Digital) anunciou que o ex-governador André Puccinelli irá acatar o apelo dos netos e desistir das eleições do próximo ano. Particularmente, duvido!

REGRA 3 – Supondo que Puccinelli desista, três nomes gozam da confiança dos peemedebistas: Simone Tebet, Waldemir Moka e Oswaldo Mochi Júnior. O anúncio do partido será no dia 11 de novembro.

COTADÍSSIMO – Com o retorno de José Carlos Barbosa para o cargo de deputado estadual, especula-se nos bastidores que o delegado Roberto Gurgel preenche todos os requisitos para assumir a Segurança Pública.

NOVO PEDETISTA – Antônio Carlos Biffi, que durante anos era militante aguerrido do PT, é um dos nomes que o Partido Democrático Trabalhos pretende apresentar aos eleitores para a Assembleia Legislativa.

SOB PRESSÃO – O juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, dizem que cedeu ao clamor das pesquisas e já está falando como “pré-candidato a governador pelo PDT”.

CONSELHEIRO – E por falar em Odilon, o que se ouve nos bastidores da política é que ele estaria recebendo orientação do ex-deputado federal e ex-conselheiro do TCE-MS, João Leite Schmidt.

RETORNANDO – Quem está vivamente interessado em voltar à vida política é o ex-presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul, Cícero Antonio de Souza. Ele assinou ficha de filiação no PTB.

BOM SAMARATINO – Tem político investido no mandato outorgado pelo povo propondo ação social com a finalidade de beneficiar os encarcerados, enquanto os familiares das vítimas são relegados ao esquecimento.

CADÊ O DINHEIRO? – A CPI da JBS, presidida pelo deputado Paulo Corrêa, do PR, estima que o Estado tenha sofrido um prejuízo fixado em mais de R$ 1 bilhão pelo não cumprimento de metas dos irmãos Batista.

DEIXOU SAUDADE – Pela recepção calorosa que teve ao visitar a Assembleia Legislativa, o prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro, do PSDB, era muito popular quando estava investido no mandato de deputado.

ANIMADOS – É como estão os petistas confiantes no seu líder, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que até o presente momento não conseguiu se desvencilhar da Lava-Jato.

CANDIDATURA? – O que se questiona é se ele (Lula) está ou não inelegível? Sem Lula na disputa qual seria seu eventual substituto na disputa presidencial em 2018?
Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, em relação ao universo, ainda não tenho certeza absoluta.” ALBERT EINSTEIN