Carne de Zebu: Mauricio Saito e sindicatos rurais participam do lançamento em Figueirão - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

02/10/2017

Carne de Zebu: Mauricio Saito e sindicatos rurais participam do lançamento em Figueirão

© Divulgação
O presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, participou do lançamento do projeto ‘Carne de Zebu’, em Figueirão, nesse sábado (30). O evento compôs a programação das comemorações do aniversário de 14 anos de emancipação do município, com a participação de diversas autoridades.

Idealizado pela ABCZ – Associação Brasileira de Criadores de Zebu, o projeto tem como objetivo apresentar a eficiência da utilização de touros Puros de Origem (PO) de raças zebuínas na produção. O lançamento aconteceu durante o Figueirão + Rural / Campo Forte.


© Divulgação
Para Mauricio Saito, o projeto é mais um resultado do perfil empreendedor dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul.

“Nosso estado é referência nacional em produção e produtividade, o que é claramente demonstrado pelos números, tanto na produção de grãos quanto na de carne. Nos últimos 20 anos, tivemos um incremento superior a 32% de entrega de carne bovina e, no mesmo período, um crescimento de rebanho inferior a 1,8%. Isso demonstra o aumento de produtividade através da adoção de novas tecnologias por parte dos produtores rurais.”

O presidente do sindicato rural do município, Gilmar Siqueira de Miranda, comemorou a ação: “Figueirão será o polo produtivo da carne bovina de qualidade”, frisou.

O lançamento do Projeto Carne Zebu teve a participação do chefe de gabinete do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Coaraci Castilho, no ato representando o ministro Blairo Maggi; do presidente da ABCZ, Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges; do governador de MS, Reinaldo Azambuja; e do senador Ronaldo Caiado.

Prestigiaram o evento o senador Pedro Chaves; o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel; o secretário estadual da Semagro, Jaime Verruck; o secretário estadual de Infraestrutura, Marcelo Miglioli; o prefeito de Figueirão, Rogério Rodrigues Rosalin, entre outras lideranças.

Reunião com sindicatos rurais

No mesmo dia, o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito, realizou uma reunião com os presidentes dos sindicatos rurais que participaram do evento, acompanhado do diretor tesoureiro do Sistema Famasul, Luis Alberto Moraes Novaes; da diretora-secretária, Terezinha Cândido; e do superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan.

No encontro, o presidente discutiu várias demandas do setor e recebeu informações a respeito dos programas, eventos e projetos desenvolvidos nas regiões.

“Junto aos sindicatos rurais temos feito um trabalho de coletividade, que muito tem contribuído para o desenvolvimento da agropecuária de Mato Grosso do Sul”, destacou Saito.

Participaram da reunião os presidentes dos sindicatos rurais de: Coxim, Mário da Fonseca Pires de da Silva; Bandeirantes, João Nelson Lyrio; de Rio Verde de Mato Grosso, Launil José Marquesan; de Chapadão do Sul, Lauri Dalbosco; de Pedro Gomes, José Roberto Scalabrini; de São Gabriel do Oeste, Júlio César Bortolini; Camapuã, Saturnino Silvério Pereira.

Sobre o Sistema Famasul 

O Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.

O Sistema Famasul é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul 
Por: Ana Brito e Carla Gavilan