Academia Sul-mato-grossense de Letras elege novo presidente - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

08/10/2017

Academia Sul-mato-grossense de Letras elege novo presidente

Jornalista Henrique de Medeiros é novo presidente para triênio 2017-2020.

Publicitário e jornalista, Henrique Medeiros é eleito novo presidente da Academia de Letras em MS. (Foto: Divulgação/Regina Aoki)
O escritor, publicitário e jornalista Henrique Alberto de Medeiros Filho foi eleito o novo presidente da ASL (Academia Sul-Mato-Grossense de Letras), para o triênio 2017-2020. A eleição foi realizada neste sábado (07), na nova sede da academia, localizada no Bairro São Francisco, em Campo Grande.

A nova diretoria da academia, além do presidente, que ocupa a cadeira nº 10 da instituição, tem a poeta e professora Raquel Naveira como vice-presidente, o poeta Rubenio Marcelo como secretário-geral; o escritor J. P. Frazão como secretário; a poeta Elizabeth Fonseca como 1ª tesoureira; e o escritor e historiador Valmir Batista Correa como 2º tesoureiro.

Atualmente, a instituição tem duas cadeiras vagas – a cadeira 1, vaga por Manoel de Barros, e a 31, vaga por Hildebrando Campestrini. Oswaldo Almeida e Pedro Chaves concorreram recentemente e foram eleitos para cadeiras que estavam vagas, respectivamente cadeiras 3 e 19, e aguardam solenidades de posse.

Com 40 cadeiras aos moldes da ABL – Academia Brasileira de Letras, a ASL foi fundada em 1971, sendo referência cultural no estado, com serviços e orientações oferecidas por meio de seus membros, com ampla biblioteca e obras.

De início, era denominada Academia de Letras e História de Campo Grande, predominância até dezembro de 1978, sendo transformada em Academia Sul-Mato-Grossense de Letras a partir de assembleia geral, no ano seguinte.

A Academia tem programas literoculturais importantes, como o "Concurso de Contos Ulisses Serra" e o "Concurso de Poesias Oliva Enciso". Mantém ainda o "Chá Acadêmico" - apresentando palestras de interesse da sociedade -, o "Suplemento Cultural" - caderno literário mais antigo de forma ininterrupta no país - e a "Revista da ASL", dentre outros.

Fonte: campograndenews
por: Anahi Gurgel