TRÊS LAGOAS| Prefeito fala sobre operação da PF e reitera compromisso com a transparência na gestão pública - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

12/09/2017

TRÊS LAGOAS| Prefeito fala sobre operação da PF e reitera compromisso com a transparência na gestão pública

Polícia Federal investiga denúncias relacionadas à gestão anterior

© Divulgação
A Prefeitura de Três Lagoas foi alvo de ação da Polícia Federal, no cumprimento de mandado judicial de busca e apreensão nos setores de Administração e Finanças, na manhã desta terça-feira (12).

Diante dos fatos, relacionados ao período de 2015 e 2016, o prefeito Angelo Guerreiro concedeu entrevista coletiva aos órgãos de Imprensa reafirmando seu compromisso com a transparência e a responsabilidade na gestão pública.

“As portas da Prefeitura estão sempre abertas, porque prezamos pela transparência”, reafirmou o prefeito.
© Divulgação
“Como gestores, temos que esclarecer os fatos reais e sempre nos colocamos à disposição da Justiça para apoiar e colaborar com as investigações, porque, na nossa gestão, não temos nada a esconder, mesmo porque defendemos e aprovamos a transparência na gestão pública”, disse Ângelo Guerreiro.

O prefeito relatou que, no início de sua gestão foi “cobrado” para pagamento de uma dívida, em torno de R$ 1,6 milhão, referente a serviços e peças de reposição na manutenção da frota de veículos da Prefeitura de Três Lagoas.

“Determinei que não pagássemos esse valor que nos era cobrado, porque, não havia empenho dos serviços que alegavam ter realizado e não localizamos qualquer tipo de notificação a esse respeito”, contou o prefeito.

Para melhor esclarecimento dos fatos, a atual Administração abriu sindicância, na segunda quinzena de janeiro, para apurar responsabilidades. Ao final da sindicância concluiu-se pela abertura de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra quatro servidores, com suspeitas de envolvimento nas referidas irregularidades.


Fonte: ASSECOM