TRÊS LAGOAS| Balanço de força tarefa tem 1,4 toneladas em apreensões em Supermercados e seis bancos notificados - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

05/09/2017

TRÊS LAGOAS| Balanço de força tarefa tem 1,4 toneladas em apreensões em Supermercados e seis bancos notificados

PROCON e Vigilância Sanitária percorreram os principais estabelecimentos da cidade

© Divulgação
O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) e a Vigilância Sanitária Municipal (VISA), ligada à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) percorreram na última semana quatro supermercados e seis agências bancárias de Três Lagoas.

SUPERMERCADOS

A equipe da VISA constatou pelo menos 10 irregularidades nos supermercados, como: armazenamento inadequado de alimentos, produtos com data de validade expirada, produção e comercialização de linguiças sem as devidas licenças, ausência de uniforme adequado para manipuladores de açougue, padaria e rotisserias e entre outras. No total, foram apreendidos 1.428,560kg de produtos, sendo 52kg de azeitona, 7,5 kg de frango e manteiga, 1.330kg de linguiça e 38,479kg de outros alimentos.

Os fiscais do PROCON constaram diversos casos de produtos com data de validade vencida, impróprios para consumo e ausência de preço nos produtos.

© Divulgação
BANCOS

Nas agências bancárias o VISA observou a ausência de produtos de higienização nos banheiros (sabonete e papel toalha), ausência de lixeiras com tampa e falta de reparo na parte hidráulica. Uma agência foi flagrada operando sem licença sanitária.

Já o PROCON enfrentou problemas nos bancos com demora no atendimento. O tempo máximo de espera é de 15 minutos, sendo que entre o dia 1 e dia 10 a carência do banco sobe para 20 minutos. Em véspera de feriados prolongados os bancos podem permitir que os usuários aguardem por até 25 minutos.

Foram notificadas seis agências de Três Lagoas. A multa, caso seja aplicada após os estabelecimentos apresentarem defesa, pode ser entre pouco mais de R$ 4 mil até quase R$ 20 mil reais. Os valores são baseados na medida UFERMS e pode variar de acordo com a reincidência e gravidade das infrações.


© Divulgação

© Divulgação
Fonte: ASSECOM