Sanesul está entre as mil maiores empresas do Brasil - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

14/09/2017

Sanesul está entre as mil maiores empresas do Brasil

Ranking foi divulgado pelo jornal Valor Econômico, principal veículo de economia da América do Sul

Sede da Sanesul em Campo Grande © Divulgação
De acordo com levantamento realizado anualmente pelo jornal Valor Econômico, a Sanesul é uma das mil maiores empresas do Brasil. A Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul, com receita líquida anual de R$ 441 milhões e lucro líquido de R$ 93,7 milhões, aparece na 878º posição no ranking. 

O anuário “Valor 1000”, do jornal Valor Econômico, principal veículo de economia da América do Sul, está na 17ª edição e retrata o ranking das mil maiores empresas do País por receita líquida. É o principal estudo do gênero no Brasil.

Sediada em Campo Grande, a Sanesul opera 18 estações de tratamento de água, 386 poços e 66 estações de tratamento de esgoto. Ao todo, emprega 1.382 empregados para realizar o abastecimento de água e esgotamento sanitário em 68 cidades e 55 distritos do estado. Produz mensalmente, mais de 9,5 bilhões de litros de água tratada, para atender cerca de 1,5 milhão de pessoas, e coleta e trata aproximadamente 1,5 bilhão de litros de esgoto por mês. 

Os critérios utilizados têm a chancela da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo e do Serasa Experian. Para conferir o resultado completo, acesse: http://www.valor.com.br.

Desempenho

O desempenho conjunto da equipe já rendeu à Sanesul importantes prêmios e reconhecimentos nacionais, entre eles o topo do ranking nacional das empresas de saneamento com faturamento até R$ 400 milhões, ficando à frente de empresas públicas e privadas na edição da revista Isto É Dinheiro do final de 2013; Conceito “A” na classificação de risco da Caixa Econômica Federal em 2011, colocando a empresa entre aquelas que possuem maior capacidade de captação de recursos por financiamento; 3º maior empresa de Mato Grosso do Sul e a 74ª na região Centro-Oeste, segundo ranking publicado pela revista Exame em julho de 2011, subindo 10 posições em relação à classificação de 2010, entre outros.

Além disso, no final de 2013, o IBGE atestou que Mato Grosso do Sul é o estado brasileiro com menor índice de internações hospitalares causadas por doenças veiculadas pela água. 

Fonte: ASSECOM
Por: Larissa Almeida Cremer Teixeira