Programa Energia Social inaugura Núcleo de Mediação de Conflitos em Costa Rica (MS) - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

04/09/2017

Programa Energia Social inaugura Núcleo de Mediação de Conflitos em Costa Rica (MS)

© Ilustração
Será inaugurado hoje, dia 04/09, o Núcleo de Mediação de Conflitos de Costa Rica. Sediado na Delegacia de Polícia do município, o projeto tem como objetivo principal atuar em situações de conflito social, especialmente nas questões de vizinhança, trânsito e relações domésticas, buscando a pacificação social.

Para o delegado do município, Alexandro de Araújo, o projeto é de grande valia social, uma vez que permite o diálogo e o entendimento entre as partes. “Em médio prazo, o núcleo diminui a ocorrência de conflitos, uma vez que a solução é encontrada pelos próprios envolvidos, com o apoio de mediadores aptos”, explica.

Desenvolvido pelo programa Energia Social, da Odebrecht Agroindustrial, em parceria com Secretaria Municipal de Segurança de Costa Rica (MS), o Conselho Comunitário de Segurança e a Delegacia de Polícia Civil, o projeto beneficia a população atendendo a uma importante política pública em vigor desde 2015, com a Lei Brasileira de Mediação (13.140).

“Os núcleos são geridos por mediadores capacitados e imparciais que escutam as partes, de maneira sigilosa e sem julgamentos, a fim de promover a solução pacífica do conflito. Queremos estimular o diálogo e contribuir para a criação de uma sociedade mais justa”, explica Kleber Albuquerque, superintendente do Polo Taquari da Odebrecht Agroindustrial.

A iniciativa já foi responsável pela formação de 56 mediadores civis voluntários, que constituem a equipe de profissionais treinados para facilitar a negociação entre duas ou mais partes, em prol de um acordo mutuamente aceitável.

De acordo com o mediador Roney Rodrigues, o trabalho é bastante desafiador. “Ouvi falar do Núcleo por meio do Energia Social e logo em seguida já fiz o curso. Atuo em outros projetos em Costa Rica (APAE e Rotary) e me sinto honrado em ajudar a população”, relata.

O Núcleo de Mediação de Conflitos funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, ao lado da delegacia, na Rua Josina Garcia de Melo, no Centro de Costa Rica (MS).

Sobre o Programa Energia Social

Presente em Costa Rica desde 2011, o programa Energia Social já entregou 14 projetos na cidade, contribuindo com ações e investimentos sociais e ambientais. O modelo do programa tem como compromisso a gestão participativa, reunindo empresa, governo local e comunidade na elaboração de ações e investimentos em cultura, educação, atividades produtivas, saúde, segurança e preservação ambiental. Desde o início do Programa, em 2009, foram investidos R$ 21 milhões no Energia Social e realizados 72 projetos, beneficiando diretamente cerca de 150 mil pessoas.

Um dos principais diferenciais do programa é o modelo de governança participativa implementado desde sua concepção. Cada município conta com um Conselho Comunitário e Comissões Temáticas, compostos por Integrantes da Odebrecht Agroindustrial, representantes do governo local e lideranças da sociedade civil. Esse modelo de gestão torna possível identificar as principais demandas da comunidade e adotar a melhor estratégia de investimento, com foco na promoção da cultura, educação, saúde, preservação ambiental e outros aspectos relevantes.

Sobre a Odebrecht Agroindustrial

A Odebrecht Agroindustrial atua de forma integrada na produção de etanol, açúcar e energia elétrica. A empresa tem capacidade de produzir 3 bilhões de litros de etanol, 700 mil toneladas de açúcar e 3,1 mil Gwh/ano de energia elétrica a partir da cana-de-açúcar. Consolida seis polos produtivos, localizados nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Fonte: ASSECOM