Musicoterapia promove bem-estar, auxilia na socialização e garante melhorias na saúde de idosos - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

27/09/2017

Musicoterapia promove bem-estar, auxilia na socialização e garante melhorias na saúde de idosos

Grupo da Musicoterapia promovida na UBSF Vila Corumbá © Sesau
A cada 15 dias, um grupo de cerca de 60 pessoas, a maioria com idade acima de 65 anos, se reúne na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) Vila Corumbá – região da Vila Planalto – onde participam das sessões de Musicoterapia – promovidas pelos profissionais da unidade em parceria com o Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF) Seminário. Inserido na unidade há cerca de dois anos como opção no tratamento deste público, a Musicoterapia tem trazido inúmeros benefícios aos participantes, além de proporcionar o bem-estar e auxiliar na socialização entre os idosos.

Responsável por fazer o acompanhamento do grupo, a fonoaudióloga Roberta Alencar, explica que a musicoterapia usa a música e seus elementos (som, ritmo, melodia e harmonia) para a reabilitação física, mental e social de indivíduos ou grupos.

Segundo a fonoaudióloga, os benefícios da Musicoterapia, principalmente para as pessoas idosas, são inúmeros, provocando o raciocínio e a coordenação motora, o que garante melhorias na condição física e mental do paciente.

“Através da música e seus elementos este paciente tem a possibilidade de se expressar, desenvolvendo potenciais e habilidade, além de ser um reforço no processo de aprendizagem. Estudos mundialmente reconhecidos comprovam os benefícios da musicoterapia no estimulo ao desenvolvimento da concentração e atenção, na coordenação motora e esquema corporal e por fim na promoção da saúde e qualidade de vida”, disse.

A aposentada Maria de Lurdes Oliveira, 65 anos, participa do grupo há quase um ano e diz sentir no corpo e mente os benefícios da Musicoterapia.

“Eu não conhecia esse trabalho e fui convidada para participar por uma vizinha minha. Eu chegue aqui e fui bem acolhida por todos e hoje não falto um dia. Toda vez que tem eu estou aqui, fazendo festa com os meus colegas. E isso é muito bom porque aqui a gente faz amizade, canta, brinca, se diverte e isso tem melhorado minha saúde também. Eu até diminui os remédios que eu tomava depois que eu comecei a participar. Esse é um serviço muito bom e eu convido quem não conhece a participar para ver como vale a pena”, disse.

Outros benefícios

Por meio da Musicoterapia, uso clínico da música para minimizar sintomas de várias doenças, é possível desenvolver potenciais e recuperar funções físicas, mentais, sociais e cognitivas. Crianças, adolescentes, adultos e idosos que sofrem com dores agudas e crônicas, incluindo mães em trabalho de parto, têm usado esta terapia.

Estudos científicos já demonstraram que a música pode promover o equilíbrio entre o corpo e o emocional, proporcionando bem-estar físico e psíquico ao ser humano. Ela, segundo a Associação Americana de Musicoterapia (AMTA), age diretamente no cérebro e promove o controle de emoções, afetividade e motivação.

Fonte: ASSECOM