Instituto que prepara gratuitamente 140 alunos para o Enem precisa de ajuda da comunidade - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

12/09/2017

Instituto que prepara gratuitamente 140 alunos para o Enem precisa de ajuda da comunidade

© Divulgação
O Instituto Luther King – Ensino, Pesquisa e Ação Afirmativa (ILK), que prepara anualmente cerca de 140 estudantes, de famílias carentes de Campo Grande, para as provas do Enem/Vestibular, precisa, com urgência de ajuda financeira da comunidade para sobreviver e continuar com esse trabalho de elevado alcance social para famílias campo-grandenses.

Apesar das contribuições que recebe, tanto da iniciativa pública como privada, os recursos não estão sendo suficientes para a manutenção dos trabalhos, principalmente no atual ano letivo em que o Governo do Estado ainda não renovou a parceria que trata dos professores disponibilizados para o Instituto, explica o presidente Jairo Garay Ribeiro de Oliveira.

© Divulgação
Para se ter ideia da qualidade e da importância do instituto, fundado em 2003, segundo informa o presidente Jairo Garay, nos últimos três anos (2014/16), o ILK preparou 420 estudantes para o Enem e dos 370 que prestaram as provas (Enem/Vestibular), 308 foram aprovados com excelentes notas, muitos deles inclusive, para os cursos mais difíceis e concorridos, como medicina e engenharia.

Além desses jovens em preparação para uma faculdade, outra importante ação do ILK é a Estação Digital, que oferece curso de capacitação de informática para crianças, adolescentes e adultos, também oriundos de famílias carentes, que têm a oportunidade de estudar em qualquer dos três períodos do dia. O curso tem a duração de dois meses e beneficia mais de 120 alunos/ano.

HISTÓRIA 

O Instituto Luther King, com sede em Campo Grande, na Avenida Fernando Correa da Costa, 603 - Centro (http://www.lutherking.org.br/) surgiu por iniciativa de um magistrado aposentado, juntamente com um grupo de pessoas que se preocupavam com a desigualdade social existente. Esse grupo de pessoas sempre acreditou que a educação é a grande ferramenta para igualdade de oportunidades na sociedade. Tanto que esta concepção se tornou a Visão Institucional: Educação de Qualidade Fator de Transformação Social.

Outra razão de motivação era o reduzido número de brasileiros com curso superior, o que constitui fator de limitação para o desenvolvimento científico e tecnológico da sociedade brasileira. Em Campo Grande há uma significativa parcela da população em situação de vulnerabilidade social, razão porque os pertencentes a esse segmento têm como opção as escolas públicas para aprimoramento e ascensão social. Estas na sua maioria são inferiores na qualidade, comparadas às particulares.

© Divulgação
A persistência desse quadro pereniza o paradoxo: as vagas da universidade pública, em especial aquelas dos cursos mais disputados são ocupadas pelos oriundos de famílias abastadas, ao passo que aos mais pobres sobra a alternativa da universidade privada que não raro tem qualidade duvidosa. Essa situação ainda é mais grave com relação às chamadas minorias sociais - negros e indígenas. Portanto, a grande motivação de criação do Instituto Luther King foi, e ainda é, dar as pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica, melhores condições de competitividade no ingresso no curso superior e contribuir dessa forma para redução da desigualdade social.

O processo seletivo dos interessados a uma vaga no Cursinho Pré-vestibular do ILK se dá por meio da análise das notas do histórico escolar do ensino médio nas disciplinas de língua portuguesa, matemática e biologia, além da análise socioeconômica.

Avaliação socioeconômica dos candidatos que se inscrevem para o ingresso no curso pré-vestibular se dá por meio de entrevista social individual dos alunos, na qual se observa a condição socioeconômica de cada família, bem como a estrutura familiar a que pertencem, a fim de avaliar a necessidade de apoio social ou mesmo com vale transporte.

O Instituto possui quatro salas equipadas com carteiras; lousa digital; Datashow; Ares-condicionados e tem a capacidade de atender trinta e cinco alunos por turma; com enorme demanda de expansão por ocasião das matrículas no início do ano letivo. São oferecidas refeições aos alunos diariamente, considerando que a maior parte deles deslocam-se direto do trabalho para o Instituto. Isto é possível graças às parcerias instituídas que oferecem donativos alimentícios para o preparo das refeições.

As aulas têm início no mês de fevereiro e prosseguem até dezembro, abordando disciplinas de exames de vestibulares e das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) além de um trabalho de conscientização de direitos e cidadania por meio de palestras esporádicas. As apostilas utilizadas pelos professores fazem parte do Sistema de Ensino Poliedro e adquiridas com recursos do Criança Esperança/UNESCO neste ano letivo de 2017, e, quando necessário complementado com material indicado pelo professor.

O Instituto possui também, enorme acervo em sua biblioteca, com exemplares de livros que atendem as necessidades dos alunos que irão prestar o ENEM e o vestibular em âmbito nacional.

Nas ações e no planejamento estratégico do Instituto são consideradas duas referências fundamentais; os valores institucionais e a visão sistêmica da instituição. Isto porque os primeiros conferem foco e a segunda proporciona o conhecimento dos fatores relevantes para execução da missão. Os valores institucionais do ILK: Missão: contribuir para redução da desigualdade social oferecendo gratuitamente ensino de qualidade para alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica; Visão: educação de qualidade fator de transformação social; Valores: excelência, inovação, ética e responsabilidade social, conferem os fundamentos para sua existência.

Reconhecidamente no Brasil, as pessoas pertencentes às famílias de baixa renda, em sua maioria, não entenderam ainda que a educação representa o caminho para a superação de todos os óbices ao longo da vida. Talvez pela falta de incentivo dos pais por também estes não terem recebido tais valores em sua trajetória, ou até mesmo pela necessidade de que a criança precisa dispor do trabalho, como fator indispensável da complementação da renda, mesmo na presença de legislação proibitiva neste aspecto.

COMO AJUDAR 

Pessoas físicas e jurídicas, interessadas em ajudar o instituto a continuar esse trabalho social pode fazer suas doações por intermédio dos seguintes bancos: BRADESCO / CONTA CORRENTE: 13.8100-8 / AGENCIA: 73-6. BANCO DO BRASIL/ CONTA CORRENTE: 216604-6 AGENCIA: 2916-5.


Fonte: ASSECOM
Por: Wilson Aquino