Deputados votam em definitivo o reajuste dos servidores e professores - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

27/09/2017

Deputados votam em definitivo o reajuste dos servidores e professores

Deputados votam projetos nesta quarta-feira © Victor Chileno/ALMS
Os deputados irão votar hoje (27), em definitivo, o reajuste dos servidores estaduais, assim como a reposição do piso salarial dos professores. Os dois projetos seguem em regime de urgência, para que aprovados, já possam constar na folha de pagamento dos trabalhadores, no inicio do mês que vem.

O líder do Governo, Rinaldo Modesto (PSDB), pediu ontem (26), a inclusão dos dois projetos na pauta, o que foi aceito pelas demais lideranças partidárias. Eles passaram pela primeira votação e se forem aprovados hoje (27), seguem para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A proposta é de reajuste linear aos servidores estaduais de 2,94%, fato que foi apresentado para as categorias pelo governo estadual, que justificou o percentual pela crise financeira, estagnação da economia nacional e queda de arrecadação.

Ao mesmo tempo, o governo está negociando com cada segmentos de forma separada, levando em conta melhorias nos cargos e carreiras, para contemplar e valorizar os servidores. Integrantes da oposição chegaram a reclamar do percentual apresentado, no entanto não tiveram objeção na hora da votação.

Acordo - Também deve ser votado em definitivo a reposição no piso salarial aos professores, que será pago em duas parcelas aos profissionais. Serão repassados 2,94% neste mês de setembro e mais 4,7% em dezembro. A proposta foi discutida e acordada com a categoria.

Também foi acordado que a correção do piso salarial em 2018, será feito no mês de outubro e os reajustes futuros ocorrerão sem a obrigação de serem feito no mês da data-base, ficando a cargo do governo e representantes da categoria, em comum acordo, decidirem quando será feito o reajuste.

A proposta ainda estabelece que os servidores da carreira profissional da Educação Básica e de outros cargos, como especialista de Educação e professor-leigo, terão a partir de 2019, o dia 1° de maio como data-base para o reajuste salarial.

Fonte: campograndenews
Por: Leonardo Rocha