COSTA RICA| Inovação: Autoridades estaduais e municipais inauguram no município o Núcleo de Mediação de Conflitos, 1º no País a ter sede própria - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

04/09/2017

COSTA RICA| Inovação: Autoridades estaduais e municipais inauguram no município o Núcleo de Mediação de Conflitos, 1º no País a ter sede própria

Foto: Francielly Yamashita - ASSECOM/PMCR
Costa Rica – MS entrou para a história na tarde desta segunda-feira, 04 de setembro de 2017, ao inaugurar o Núcleo de Mediação e Conciliação de Conflitos “Maurício Cadore”, o primeiro do Brasil a ter sede própria. 

Com a ideia de prevenir conflitos, evitando a judicialização de processos e implantar a cultura de pacificação, o projeto é uma iniciativa privada em parceria com o Poder Púbico: Governo do Estado, Poder Executivo, Odebrecht Agroindustrial por meio do Programa Energia Social para a Sustentabilidade Local com apoio da Delegacia de Polícia Civil, Conseg – Conselho de Segurança de Costa Rica e a Sejusp - Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública.

Para o vice-prefeito Roberto Rodrigues, no ato representando o prefeito Waldeli dos Santos Rosa, a inauguração do núcleo é uma inovação, não só para Costa Rica, mas sim para todo o Estado de Mato Grosso do Sul e também para o Brasil por ser o primeiro a contar com sede própria. “A técnica deste projeto nada mais é do que a aplicação do apaziguamento em conflitos, controvérsias e problemas, adequando-se assim, a uma tendência mundial, decorrente da evolução da cultura de participação, do diálogo e do consenso”, enfatizou ao parabenizar a inciativa privada e os órgãos parceiros pela implantação.

“O Núcleo de Mediação será muito importante para procurar resolver casos de conflitos que se enquadram no programa, procurando pacificar e resolver situações de litígio” complementou o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, o Barbosinha.

Por sua vez, o delegado de Polícia Civil de Costa Rica, Alexandro Mendes, destacou que “a mediação bem feita, realizada com todas as técnicas possíveis para a resolução do conflito, fará com que menos ações sejam propostas — pois as partes apreenderão lidar com suas demandas e bem resolvê-las”. 

“Nosso trabalho será evitar uma sobrecarga ainda maior no Poder Judiciário. Vamos buscar fazer uma aproximação entre as partes envolvidas em uma questão, a fim de que encontrem alternativas para chegarem a um acordo”, explicou a servidora pública Maria Aparecida que falou em nome dos mediadores.

O diretor-presidente do Conseg José Alcides Simplício enfatizou que serão oferecidos serviços gratuitos de orientações em casos como brigas entre vizinhos, casos de família, entre outros. “O atendimento no núcleo vai trazer celeridade para a solução do problema e sem custos para a população”, explicou.

Investimento

Com investimento de R$ 126 mil, sendo R$ 94 mil da Odebrecht Agroindustrial e R$ 32 mil do Governo de Costa Rica, “o núcleo foi desenvolvido pela Comissão Temática de Saúde, Segurança e Prevenção Ambiental, tendo como principal objetivo atuar na situação de conflito social, buscando a pacificação por meio da autocomposição, mediada por um profissional qualificado”, esclareceu o coordenador de Pessoas e Organização da Odebrecht Agroindustrial, José Wendel Soares. 

Ao falar em nome da Câmara de Vereadores, o presidente Lucas Lázaro Gerolomo agradeceu a presença do secretário Barbosinha e aproveitou para cobrar novos investimentos na Segurança Pública. “Somos gratos pelas inaugurações de hoje, mas ainda ficam pendentes algumas questões, como a demanda do nosso efetivo, a conquista do nosso segundo delegado, mas que acabamos perdendo por ter sido transferido e até o momento não foi substituído, então, pedidos Barbosinha que você estude com carinho nossa demanda.

Por sua vez, o secretário Municipal de Agricultura e Desenvolvimento, Ailton Martins de Amorim, falou em nome de todos os gestores públicos e agradeceu a parceria da Odebrecht Agroindustrial, em nome do superintendente Kleber Albuquerque, que está sempre participando do desenvolvimento de Costa Rica, o secretário Barbosinha por atender as reivindicações da nossa população, a diretoria do Conselho de Segurança que é atuante em nossa cidade. “Isso mostra porque as coisas funcionam aqui, temos um prefeito transparente, um prefeito gestor que leva o município ao seu mais alto grau no Estado, bem como no Brasil. Estamos falando do comprometimento de todos”, concluiu.

O Núcleo de Mediação e Conciliação de Conflitos “Maurício Cadore” tem como coordenadora a servidora pública Maria Augusta Dias e está localizado ao lado da Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica, na Rua Josina Garcia de Melo, Centro. O horário de funcionamento é das 8h às 17h de segunda a sexta-feira.

Núcleo Regional de Criminalística da URPI Costa Rica

Ainda durante a solenidade, as autoridades homenagearam a mãe do investigador da Polícia Civil Maurício Cadore (In memorian) e na oportunidade também ativam o Núcleo Regional de Criminalística da URPI - Unidade Regional de Perícia e Identificação - de Costa Rica que foi instituído em 13 de maio de 2014 e tem como objetivo reduzir as distâncias entre a sede da nova unidade e as cidades vizinhas.

Além de Costa Rica, O Núcleo Regional de Criminalística da URPI irá beneficiar diretamente cinco municípios da região: Chapadão do Sul, Alcinópolis, Camapuã, Chapadão do Sul, Figueirão e Paraíso das Águas. 

Na oportunidade, o secretário de Estado, o vice-prefeito, e a secretária de Assistência Social, a primeira-dama Áurea Maria Frezarin Rosa, entregaram ao coordenador Regional da URPI Costa Rica, Cacildo Amorim, um veículo 0 km do Programa MS Mais Seguro, para atender a unidade. 

A solenidade também foi prestigiada pelo delegado-geral Adjunto da Polícia Civil, Adriano Garcia Geraldo, no ato representando o delegado-geral Marcelo Vargas Lopes, pela coordenadoria Geral de Perícias do Estado, Glória Setsuko Suzuk, pelo diretor do Departamento de Polícia do Interior, Edilson dos Santos Silva, pelo promotor de Justiça Eleitoral de Costa Rica, Bolívar Luís da Costa Vieira, pela equipe do Governo Municipal, por autoridades de vários órgãos, diretores, delegados e servidores que atuam nas áreas que serão abrangidas pelos núcleos.

Fonte: ASSECOM/PMCR