COSTA RICA| Após cobranças de vereadores e do Executivo, Miglioli afirma que licitação para pavimentação da MS-223 sai até outubro - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

21/09/2017

COSTA RICA| Após cobranças de vereadores e do Executivo, Miglioli afirma que licitação para pavimentação da MS-223 sai até outubro

Vereadores Averaldo Barbosa e Lucas Gerolomo participaram de reunião com o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Migioli, acompanhados do prefeito Waldeli © Igor Santana - ASSECOM/PMCR
O presidente da Câmara Municipal de Costa Rica-MS, vereador Lucas Lázaro Gerolomo (PSB) e o vereador Averaldo Barbosa da Costa (PMDB), acompanhados do prefeito Waldeli dos Santos Rosa (PR), participaram na tarde de terça-feira (14/09) de uma reunião com o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, em Campo Grande-MS.

Na oportunidade, o prefeito e os vereadores buscaram informações e questionaram porque ainda não foi iniciado o processo licitatório para pavimentação asfáltica da rodovia MS-223, que liga Costa Rica ao município de Figueirão-MS. Por sua vez, Miglioli explicou às autoridades de Costa Rica que “por questão de atraso na elaboração do projeto ainda não foi possível abrir o processo licitatório”. No entanto, o secretário garantiu que até o mês de outubro a Secretaria de Estado de Infraestrutura (SEINFRA) vai iniciar a licitação, para escolha das empreiteiras responsáveis pela obra.

“Ele (Miglioli) nos garantiu que só não licitou ainda essa obra em razão de que a equipe técnica não entregou na SEINFRA o projeto que desmembra em duas frentes a pavimentação. Mas foi uma reunião bastante proveitosa”, comemorou o vereador Averaldo Barbosa.

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), esteve em Costa Rica no mês de junho deste ano, inaugurando algumas obras e na oportunidade autorizou a abertura do processo licitatório para pavimentação da MS-223 e prometeu que iria lançar a obra ainda em 2017.

Na agenda com Miglioli, as autoridades de Costa Rica também cobraram melhorias na conservação e manutenção da rodovia MS-306, via que apresenta trechos bastante esburacados. “Marcelo Miglioli nos falou das dificuldades financeiras que o Estado está passando. Falou da morosidade do tapa-buracos da 306 e a gente entende que realmente a situação (orçamentária) não é das melhores para Mato Grosso do Sul”, explicou Averaldo.

Conforme Lucas Gerolomo, o marco divisor na história da MS-306 está no projeto de privatização da rodovia, cujo processo de cessão da via já foi anunciado pelo Governo do Estado.

De acordo com o Azambuja, a MS-306, que possui aproximadamente 200 quilômetros de extensão, será entregue à iniciativa privada para melhorar as condições de trafegabilidade da via. “Vão restaurar, fazer a terceira pista, recapear, sinalizar e dar mais segurança para quem trafega e mais tranquilidade para quem usa uma das mais importantes rodovias do Estado”, garantiu o chefe do Executivo de Mato Grosso do Sul.

Ainda durante a reunião com o secretário Marcelo Miglioli, o prefeito e os vereadores aproveitaram a oportunidade para cobrar a assinatura do convênio que garante recursos para o recapeamento da pista do Aeroporto Municipal José Antônio de Moraes, outra obra que o governador prometeu durante a última visita que ele fez a Costa Rica.

“É um pleito antigo da cidade, por isso vamos fazer parceria com o Governo Municipal para revitalizá-lo. Será uma obra de R$ 1,5 milhão, sendo R$ 1 milhão do Governo do Estado e R$ 500 mil da Prefeitura. Vamos dar condições para uma pista moderna e sinalizada. Assim, poderemos receber investidores que olham essa região como próspera, produtiva e com potencial de atendimento. Vamos transformar o Aeroporto Municipal em aeroporto regional”, prometeu Reinaldo Azambuja, ao longo da agenda em Costa Rica.

Durante a viagem até a capital do Estado, Lucas e Averaldo visitaram a sede do Ministério Público de Contas de Mato Grosso do Sul (MPC-MS), para tratar de assuntos institucionais da Câmara de Vereadores. Os dois parlamentares também estiveram no gabinete do deputado estadual Junior Mochi (PMDB) e no escritório de apoio do deputado federal Carlos Marun (PMDB), ocasiões nas quais os vereadores fizeram gestão e solicitaram apoio dos dois deputados na busca de investimentos para o município de Costa Rica.

“Nós temos que aproveitar o momento político, principalmente do deputado Marun, que tem um trânsito e um prestígio muito grande hoje na Administração Federal. Ele tem acesso em muitas repartições no cenário nacional e nós como políticos, como agentes públicos, temos que aproveitar esse momento do deputado Marun”, contou Lucas Gerolomo, ao se referir à busca de investimentos federais que podem beneficiar o município de Costa Rica.


Fonte: ASSECOM
Por: Ademilson Lopes e Luciana Aguiar