BATAGUASSU| Panfletagem aborda prevenção ao suicídio no município - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

13/09/2017

BATAGUASSU| Panfletagem aborda prevenção ao suicídio no município

© Micael Nunes
Para celebrar o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, comemorado no último dia 10 de setembro, a Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Bataguassu promoveu no dia 5 de setembro, por volta das 9 horas, uma ação de panfletagem na área central do município.

A iniciativa, de acordo com a assistente social do Caps, Tânia Sordi teve como objetivo conscientizar a população quanto ao tema. “Segundo dados do Ministério da Saúde, quase 100% dos casos de suicídios estão relacionados a algum transtorno mental. Desta forma, a atenção aos pacientes que apresentam algum distúrbios é uma das iniciativas mais importantes na prevenção do suicídio”, comenta.

Tânia observa que entre os fatores de risco associados ao suicídio estão transtornos mentais como depressão, alcoolismo, esquizofrenia; questões como isolamento social, desemprego, migrantes; questões psicológicas, como perdas recentes e outros sintomas.
© Micael Nunes
A ação contou com cartazes sobre o tema e a disponibilização de panfletos para a população. O ato teve a participação dos pacientes do Caps, equipe de trabalho do centro e equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf).

Dados

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil é o oitavo país no mundo em número de suicídios. Entre 2000 e 2012 houve um aumento de 10,4% na quantidade de mortes, sendo mais de 30% em jovens. O órgão estima que até 2020, haverá um incremento de até 50% no número anual de mortes por suicídios.

Atenção Psicossocial

Na rede municipal de saúde, quem precisa de atendimento para transtornos mentais por meio de demanda espontânea ou de encaminhamento pela rede ampliada de assistência, incluindo os serviços de saúde, de serviço social ou de justiça é encaminhado e tratado no Caps.

A assistente social detalha que o quadro de profissionais do Caps de Bataguassu inclui a enfermeira Kelly Alessandra Maticolli; a auxiliar de enfermagem Ana Carolina Ximenes; a assistente social Tania Sordi; o médico psiquiatra Afrânio Tacaci; Sandra Teixeira, de serviços gerais; o motorista José Raimundo; educador físico Júlio César; e cozinheira Maria Aparecida Casado.

Diariamente, de acordo com Tânia, os pacientes participam dos atendimentos oferecidos diariamente na unidade, que incluem atividades físicas, terapia (com ou sem medicamento dependendo dos casos), atendimento domiciliar (medicação injetável), atendimento psicossocial além das consultas semanais com o médico psiquiatra. Como os pacientes permanecem o dia inteiro no centro, todos também recebem três refeições diárias no local.

Para melhorar ainda mais o atendimento aos usuários do Caps, a Prefeitura de Bataguassu já trabalha no projeto da construção da sede própria da unidade, que oferecerá instalações mais adequadas para atendimento. Atualmente o Caps fica localizado na Avenida Mato Grosso, 628 esquina com a Avenida Campo Grande. 


Fonte: ASSECOM