BATAGUASSU| Município recebe campanha para cadastramento de doadores voluntários de medula óssea - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

26/09/2017

BATAGUASSU| Município recebe campanha para cadastramento de doadores voluntários de medula óssea

© Micael Nunes
Através de uma parceria entre Secretaria de Estado de Educação, Coordenadoria Regional de Educação de Três Lagoas (CRE-12), Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), Secretaria Municipal de Saúde e Hemosul, Bataguassu recebe no sábado, dia 30 de setembro, uma campanha para cadastramento de doadores voluntários de medula óssea.

A atividade será realizada simultaneamente em Bataguassu, na sede da Secretaria Municipal de Saúde (Avenida Porto XV de Novembro, 775) e na Estratégia da Saúde da Família (ESF) “Emiko Resende”, no Distrito de Nova Porto XV, das 9 às 17 horas (horário de Brasília).

Para participar da ação, os voluntários devem ter entre 18 e 55 anos e apresentar bom estado de saúde. É preciso ainda no ato apresentar documento com foto e cartão SUS.

As escolas estaduais e municipais do município estão auxiliando na divulgação da ação, que ocorre na referida data.

COMO SE CADASTRAR

Durante o cadastro, são retirados 5 ml de sangue como um exame de laboratório e o doador é cadastrado no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) coordenado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca). A partir da coleta, os dados genéticos dos doadores são cruzados com os dos pacientes que precisam da medula e se houver compatibilidade genética através do exame HLA, a doação pode ser realizada. 

Conforme o Hemosul, o transplante de medula óssea é a única esperança de cura para milhares de portadores de leucemia e algumas outras doenças relacionadas a sangue.

Fonte: ASSECOM