Agente penitenciário que matou pedreiro está em estágio probatório - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

24/09/2017

Agente penitenciário que matou pedreiro está em estágio probatório

Vindo do Ceará há 8 meses, o agente penitenciário trabalha no Presídio Federal de Campo Grande

Adílson (camisa branca) posa para foto com os primos, horas antes de ser assassinado (Foto divulgada pela família)
O agente penitenciário federal Joseilton de Souza Cardoso, 34 anos, que matou o pedreiro Adílson Silva Ferreira dos Santos, 23 anos, na madrugada deste domingo (24), está em estágio probatório. O crime aconteceu no camarote do show de Henrique e Juliano, realizado no estacionamento do Shopping Bosque dos Ipês.

Segundo notícia publicada pelo Depen (Departamento Penitenciário Nacional), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Cidadania, Joseilton foi nomeado há 8 meses, no dia 25 de janeiro deste ano. Ele foi um dos 391 aprovados no último concurso realizado em 2015 pela banca Cespe/UNB. Vindo do Ceará, o agente penitenciário trabalha no Presídio Federal de Campo Grande. O estágio probatório é um período de 3 anos de avaliação do servidor nomeado para cargo efetivo. 

O delegado Reginaldo Salomão, que atendeu a ocorrência, considera o caso bastante complexo porque envolve a morte de uma pessoa jovem e "um colega agente penitenciário federal". Segundo ele, o servidor “não estava embriagado e disse que houve um desentendimento no banheiro que terminou em luta, no final do show”. 

Amigos do agente penitenciário apresentam uma versão totalmente diferente da família de Adílson. Segundo colegas de Souza, Adílson teria dado um tapa no rosto do agente, que caiu no chão e foi agredido pelos amigos do pedreiro. Para se defender, Souza atirou uma vez só. Mas nem os amigos do autor conseguem explicar o motivo da tal discussão.

Já a família da vítima afirma que Adílson encontrou o homem embriagado, passando mal e escorado na porta do banheiro químico. Ao tentar ajudá-lo, foi empurrado e baleado com tiro no peito. O fato é que o corpo caiu no pé da escada que dá acesso ao camarote. Pessoas que estavam no local dizem que o agente chegou a apontar a arma para outras pessoas que presenciaram a cena.

O agente penitenciário, que comemorava o aniversário, foi preso em flagrante e está em uma das celas da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. A pistola.40 do servidor foi apreendida. Amanhã Joseilton vai para audiência de custódia no Fórum. Na ocasião, o juiz vai decidir se converte a prisão dele em preventiva.

Fonte: campograndenews
Por: Viviane Oliveira