TRÊS LAGOAS|Construção de faixa elevada de pedestre garante maior segurança na travessia de Avenida - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

09/08/2017

TRÊS LAGOAS|Construção de faixa elevada de pedestre garante maior segurança na travessia de Avenida

Obra de segurança no trânsito foi construída na Avenida Filinto Müller 

© Divulgação
A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (SEINTRA), visando dar maior segurança à população, construiu faixa de pedestre elevada no encontro da Avenida Filinto Müller com a Avenida Clodoaldo Garcia, na região central da Cidade.

O local também é usado como ponto de acesso à extensão da ciclovia da Avenida Filinto Müller, algo que exige que o ciclista atravesse a avenida e, devido ao grande fluxo de veículos, foi tomada a iniciativa de construir essa faixa de pedestre elevada.

© Divulgação
Vale lembrar que, todo o material e mão-de-obra foram próprios, sendo assim, não gerou nenhum custo extra para a máquina pública, já que o serviço foi executado pelo Departamento de Serviços Públicos (DSP).

Outro ponto a ser destacado é que os ciclistas devem descer de suas bicicletas para atravessar sobre a faixa de pedestre, haja vista que do contrário pode causar acidentes, além de ser um desrespeito ao Código de Trânsito.

OUTRAS AÇÕES

A mesma ação foi realizada, recentemente, pelo DSP na Avenida Rosário Congro em frente ao Ponto Ônibus Central, bem como a construção de diversas lombadas (comuns) em outros pontos da Cidade, algo que vem colaborando para ampliar a segurança dos pedestres, além de garantir que os motoristas reduzam a velocidade ao trafegar por essas vias.

Conforme o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Dirceu Deguti, outros pontos da Cidade devem receber a construção de faixa de pedestre elevada, como locais de grande circulação de pessoas, veículos e em frentes de algumas escolas, pois isso aumenta a segurança na saída e entrada dos alunos, prevenindo acidentes.

Fonte: ASSECOM