Operador do direito “tem o papel de garantir o respeito aos direitos constitucionais”, diz Lidio Lopes - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

11/08/2017

Operador do direito “tem o papel de garantir o respeito aos direitos constitucionais”, diz Lidio Lopes

© Divulgação
O deputado estadual Lidio Lopes (PEN) homenageou na última quinta-feira (10), durante a solenidade de entrega da Medalha do Mérito Advocatício do Estado de Mato Grosso do Sul - ‘Jorge Antônio Siufi’, operadores do direito que prestam relevantes serviços para o judiciário sul-mato-grossense. A congratulação foi proposta por Lidio Lopes em alusão ao Dia do Advogado, celebrado em 11 de agosto. “Da minha turma se formaram quatro juízes, dois delegados federais, dois delegados civis, dois defensores públicos e vários advogados renomados por esse estado e por esse Brasil a fora. São colegas que verdadeiramente atuam e militam na causa do Direito, e por isso sinto-me mais honrado de ser o proponente dessa sessão solene.” ressaltou Lidio Lopes.

A homenagem foi instituída por meio da Resolução 43/2012. De acordo com o deputado Lidio Lopes, “o bacharel em direito possui o conhecimento necessário para proteger o interesse da sociedade, por esse motivo tem o papel social de garantir uma sociedade aonde se respeite os direitos constitucionais de cada pessoa” acrescentou durante seu discurso. Na oportunidade, o renomado advogado José Eduardo Malheiros, fez um breve pronunciamento em nome dos homenageados da noite, ressaltando que a atuação do advogado é um “elemento necessário e obrigatório à permanência do estado democrático de direito. “Isso ocorre quando é promotor, promovendo a Justiça, juiz para distribuir a Justiça, delegado para investigar e, no Poder Público, para as leis serem mais claras”, resumiu. 
© Divulgação
A Medalha do Mérito Advocatício do Estado de Mato Grosso do Sul - ‘Jorge Antônio Siufi’ e o diploma reconhecido pela Assembleia Legislativa foram entregues para: Péricles Duarte Gonçalves, Gilsadir Lemos da Rocha, Rafael Antônio Scaini, Leonardo Avelino Duarte, Luiz Carlos Areco, Luiz Otávio Gottardi, Alarico David Medeiras Junior, Sérgio Adilson De Cicco, Karina Alves Campos de Souza, José Carlos Camargo Roque, José Eduardo Malheiros, Paulo Marcos Fossati, Alexandre Ávalo, Manoel Afonso, Marcos Pollon, Jean Phierre Vargas,João Paulo Lacerda da Silva, André Luiz Godoy Lopes e Marcelos Antonio Arisi.

Além de Lidio Lopes, a condecoração também foi entregue pelos demais deputados da Casa de Leis. Também esteve presente na solenidade o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), Mansour Karmouche, e o presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMDB).

Medalha

A comenda intitulada “Jorge Antonio Siufi” homenageia este campo-grandense nascido em dia 13 de setembro de 1932. Jorge Antonio Siufi cursou os chamados primeiros e segundos graus na escola salesiana Dom Bosco, formou-se em Direito na Universidade Nacional do Rio de Janeiro, foi nomeado promotor de Justiça da comarca de Dourados, onde atuou entre 1961 e 1963, transferindo-se logo em seguida para Capital. Em 1964, foi nomeado advogado de Ofício na Auditoria Militar da União, pelo então presidente da República General Castelo Branco. Foi presidente da OAB em Campo Grande, professor da Faculdade Católica de Direito de Mato Grosso e procurador-geral adjunto de MS, com a divisão do Estado, em 1979. Em 1980, como procurador-geral do Estado, foi convidado a integrar a Escola Superior de Guerra. 

Fonte: ASSECOM