BATAGUASSU| Prefeitura faz parceria para destinação correta de pneus inservíveis do município - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

07/08/2017

BATAGUASSU| Prefeitura faz parceria para destinação correta de pneus inservíveis do município

© Micael Nunes
Investindo contra a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, responsável pela disseminação de doenças como a dengue, zika vírus e febre chikungunya, a Prefeitura de Bataguassu, através das Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico e de Meio Ambiente; e de Saúde, por meio do setor de Vigilância em Saúde, prossegue realizando a retirada de pneus inservíveis acumulados no município.

Segundo a coordenadora municipal de Saúde, Paula Romão Dias, a iniciativa iniciada em 2016 após uma parceria feita com a empresa Reciclanip - entidade sem fins lucrativos criada pela indústria nacional de pneus para cuidar exclusivamente da coleta e destinação de pneus em todo o Brasil – visa dar destinação correta ao material que desde então permanece acondicionado no ponto de coleta municipal (usina de reciclagem local) instalado na unidade de transbordo do município, e possibilitar, desta forma, a preservação do meio ambiente.

© Micael Nunes
Paula explica que no dia 31 de julho, em torno de 24 toneladas de pneus arrecadados nos últimos seis meses foram encaminhadas para trituração em unidades parceiras da entidade e na sequência, levados para uma destinação final ambientalmente correta estipulada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a partir da resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

A coordenadora destaca a importância do consumidor não levar pneus velhos para suas residências, com objetivo de minimizar a incidência de focos de doenças. “Orientamos que sempre que comprar pneus novos, os proprietários devem deixar os materiais descartados nas lojas ou borracharias que tomarão as providências necessárias para enviá-los aos pontos de coleta", alertou Paula.

© Micael Nunes
Ela lembra que os pneus inservíveis descartados de forma errada contribuem para entupimentos de redes de águas pluviais e enchentes; poluição de rios e ocupam um enorme volume nos aterros sanitários. “Sem contar que o material descartado de forma errada podem ainda ser foco para o mosquito da dengue e se queimados, geram poluição atmosférica", orienta.

No ano passado, em torno de 15 toneladas de pneus também tiveram destinação correta a partir da parceria.

Acompanharam o envio dos materiais os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Alessandro Firmino de Souza; e de Saúde, Maria Angélica Benetasso.


Fonte: ASSECOM