ANTÔNIO JOÃO| Empresário apresenta projeto para implantação de indústria - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

01/08/2017

ANTÔNIO JOÃO| Empresário apresenta projeto para implantação de indústria

Projeto para implantação de indústria em Antônio João foi apresentado durante audiência com a prefeita Márcia Marques © Sérginho Bazzano
O empresário argentino, Daniel Heter, apresentou o projeto para implantação da indústria Dater Agrochemicals Brasil em Antônio João. A apresentação ocorreu durante audiência no Paço Municipal com a prefeita Márcia Marques, contando com a presença do secretário municipal de Governo, Afrânio Marques, do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Jayme Schneider; do presidente da Câmara Municipal, Ramão Waldir, entre outros.

Os projetos iniciais preveem três construções, sendo o menor de 83,09 metros quadrados; o segundo de 300 metros quadrados e o terceiro de 600 metros quadrados. Os projetos foram apresentados pelo engenheiro civil e responsável técnico, Victor Neubauer Saito, da empreiteira Amoreira Construtora.

A indústria que será implantada em Antônio João ao final da sua implantação terá uma área construída de mais de 1.600 metros quadrados, contando com laboratórios, depósitos, setor administrativo, refeitório, vestiários masculino e feminino, entre outras dependências.

De acordo com o empresário Daniel Heter, a Dater Agrochemicals Brasil é uma indústria especializada na fabricação de defensivos, herbicidas e inseticidas. Inicialmente em Antônio João, que será o primeiro município brasileiro a receber os investimentos, serão produzidos glifosato e um tipo de herbicida.

“Quando estivermos operando 100% da empresa teremos três construções de 600 metros, sendo uma para a produção de herbicida, outra para fungicida e uma terceira para inseticida. A nossa empresa lançou no mercado um novo conceito de herbicida, cujo custo é muito mais baixo, provoca menos impacto ao meio ambiente e reduz o trabalho na fazenda, favorecendo dessa forma o produtor rural, que além de cortar custos também diminui a mão-de-obra”, ressaltou Heter.

O empresário estima a oferta de 90 empregos diretos, além de muitos outros indiretos, como setor de logística, movimentando também cadeia de hotéis, restaurantes e lanchonetes, entre outros ramos comerciais. “A nossa disposição é de determinar o início das obras de forma imediata, mas ainda estamos aguardando a liberação de licença por parte do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul)”, destacou.

Já o secretário municipal de Governo, Afrânio Marques, disse que o projeto do empresário argentino é muito importante para o município no sentido de gerar novas oportunidades de trabalho. Destacou também que o novo investidor foi atraído para Antônio João depois que a prefeita Márcia Marques aderiu ao programa Indústrias Sem Fronteiras, lançado recentemente pela Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul – FIEMS. “Estamos mantendo contatos com outros empresários e temos a certeza que logo-logo teremos novos investidores apostando no nosso município”, ressalta.

A prefeita Márcia Marques disse que tão logo aderiu ao programa da FIEMS, lançou em Antônio João o programa de incentivos denominado “Prospera”. “Esse programa visa atrair novos empresários para o Parque Industrial que estamos implantando no nosso município. O objetivo é gerar emprego e renda para a nossa população”, disse.

Fonte: ASSECOM