A pedido de Eduardo Rocha, representante do Hospital Auxiliadora pede ajuda em sessão - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

01/08/2017

A pedido de Eduardo Rocha, representante do Hospital Auxiliadora pede ajuda em sessão

Instituição está instalada em Três Lagoas e atende um total de 10 municípios

© Divulgação
Após solicitação do deputado estadual Eduardo Rocha, líder do PMDB na Assembleia Legislativa, a gerente de Qualidade e Captação de Recursos do Hospital Auxiliadora de Três Lagoas, Daniela Mekaru, usou a tribuna da Casa de Leis, na manhã desta terça-feira (1º). O intuito foi para explanar sobre a atuação da instituição e pediu ajuda para outras melhorias necessárias.

Segundo ela, o hospital que completa 98 anos de funcionamento neste ano de 2017, precisa urgentemente aumentar seu número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e para isso a gerente solicitou a ajuda de todos os parlamentares.
© Divulgação
Daniela relatou que o hospital atende Três Lagoas e mais outros 9 municípios da região, o que representa cerca de 250 mil habitantes. "Temos buscado cada vez mais melhorar a qualidade e atendimento dos nossos serviços".

De acordo com a gerente, o hospital tem atualmente 160 leitos e 10 de UTI, sendo o objetivo obter mais oito para poder suprir a demanda. "Um de nossos projetos é justamente esse, aumentar o número de leitos de UTI, sendo o foco de nossa solicitação. Hoje os 10 leitos de UTI têm uma taxa de ocupação de 95%, o que significa que na maioria das vezes não tem leito".

Dessa forma, Daniela explicou a necessidade da reforma, que já teve início e deve ser concluída no final deste ano, para início de 2018. "Essa é nossa ideia, mas se não tivermos auxilio, iremos ter a infraestrutura e não teremos os equipamentos".

Antes de utilizar a tribuna da Casa, a gerente esteve no gabinete do parlamentar Eduardo Rocha. Ela esteve acompanhada por Regiane Ferreira, representante de capacitação de recursos e Valeria Silva, líder do voluntariado do hospital,

Na ocasião, elas solicitaram apoio de Rocha que se comprometeu em ver a possibilidade de indicar emendas para a instituição. Para que a fala de Daniela fosse permitida, Eduardo Rocha pediu um acordo de liderança dos deputados, o que foi prontamente autorizado.


Fonte: ASSECOM