TRÊS LAGOAS| Central de Abastecimento Farmacêutico recebe nova remessa de medicamentos - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

27/07/2017

TRÊS LAGOAS| Central de Abastecimento Farmacêutico recebe nova remessa de medicamentos

Há previsão de novas entregas para os próximos dias, conforme relação de autorizações de fornecimento para atender demanda das Unidades de Saúde

© Ilustração
A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), recebeu nova remessa de medicamentos, na manhã desta quinta-feira (27).

Nesta remessa chegaram, principalmente, medicamentos para hipertensão, estômago e injetáveis, usados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Há previsão de novas entregas, dentro do prazo de 30 dias, como informou a coordenadora da CAF, Farmacêutica Thais Figueiredo, ao mostrar as várias Autorizações de Fornecimento (AFs), “aguardadas para estes dias”, informou.

“Gradativamente, a nossa CAF está sendo suprida de todos os medicamentos, previstos na listagem dos pactuados e não pactuados”, mostrou a farmacêutica, enquanto recebia e conferia a nova entrega.

Conforme explicou a assessora da Diretoria de Assistência à Saúde, Ândrea da Silva Nakamura, “o abastecimento, para manter sempre atualizada a lista de medicamentos para suprir às necessidades e demandas da Saúde, depende também da programação de entrega dos laboratórios e fornecedores”.

COMPRAS

Ândrea lembrou que, no dia 1º de junho, por meio de pregão presencial de medicamentos não pactuados, foi fechada a compra de R$ 946.957,49 e, no dia seguinte (2), também por pregão presencial, foi fechada a compra de R$ 681.470,60 de medicamentos não pactuados.

Na lista dos medicamentos pactuados consta a relação de 146 itens de remédios, que não podem faltar na Rede Municipal de Saúde. “Essa lista é elaborada pelo Ministério da Saúde, em conjunto com a Secretaria Estadual e a Secretaria Municipal de Saúde”, explicou Ândrea.

Os não pactuados, onde consta uma lista com mais de 110 medicamentos, “fazem parte da relação municipal de medicamentos, com o objetivo de completar as lacunas da relação dos pactuados”, informou.

Desse total, do resultado dos dois pregões presenciais, a Prefeitura de Três Lagoas, por meio da SMS, gastou mais de R$ 1 milhão, somente no mês de junho. Mais precisamente, foram gastos R$ 742.992,30 na aquisição de medicamentos pactuados e R$ 241.814,75 nas compras já efetuadas de medicamentos não pactuados.

Segundo dados de controle da SMS, por meio da Diretoria de Assistência à Saúde, em junho, foram distribuídos 1.532.155 unidades de medicamentos aos pacientes, atendidos pelas unidades da Rede Municipal de Saúde.

Fonte: ASSECOM