Motorista de UBER atingido com tiros se diz confiante em melhora da saúde e agradece orações - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

28/07/2017

Motorista de UBER atingido com tiros se diz confiante em melhora da saúde e agradece orações

Mensagem foi enviada por áudio e agora ele precisa de doação de sangue

© Divulgação
Nelson Tobaru, motorista do UBER baleado nesta quinta-feira (27), durante crime ocorrido no bairro Jardim Carioca na Capital, usou o aplicativo de troca de mensagens para enviar áudio para seus amigos falando sobre a possibilidade de reversão de uma possível lesão mais grave.

“Galera, estou nessa situação delicada, mas estamos fimes, acreditando que vou sair dessa. Agradeço pela força, sei que estão orando por mim, torcendo. Estamos juntos para sair dessa situação. Foi delicado, foi uma região que paralisou, mas o médico deu esperança de retomar os movimentos com trabalho da fisioterapia e acredito que vou sair e voltar ao normal. Obrigado pela força de vocês”, disse por áudio com a voz bastante cansada.

De acordo com informações de amigos e familiares, ele estaria necessitando de doação de sangue. A informação foi repassada por amigos de Nelson. O rapaz que também é professor de Educação Física é conhecido como “Shinho” e estava fazendo corridas por meio do aplicativo para complementar a renda família.

Ele está precisando de sangue, quem puder doar a família agradece! 

O caso

Um possível 'acerto de contas' deixou dois homens mortos, identificado como Maickon Alves Marques, de 22 anos, e Reynan Felipe Alves de Oliveira, de 20, e o motorista de Uber, Nelson Miyashiro Tobaru, de 38 anos, ferido na tarde desta quinta-feira (27), no Jardim Carioca. O crime ocorreu no cruzamento das ruas Vizanto com Zacarias Mourão.

De acordo com informações, os dois mortos acionaram um Uber e durante o trajeto, começaram a ser perseguidos por três homens, sendo que dois deles estavam em uma motocicleta e outro em uma caminhonete Hilux.

Os pistoleiros teriam cercado o carro do motorista Uber, um Peugeot, e atirado mais de 15 vezes contra o veículo. Os dois passageiros morreram na hora e o motorista, que a princípio não estava envolvido na situação, foi baleado no rosto e nas costas com três tiros. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para Santa Casa.

Conforme testemunhas que não quiseram se identificar, os tiros teriam partido de armas de grosso calibre.

Acerto de contas

A tia de um dos mortos informou que há dois dias o sobrinho teria se envolvido no homicídio de um policial aposentado. Ele teria ido até uma delegacia na manhã de ontem (27), para se apresentar, mas não foi atendido pela delegada.

A mulher disse que todos os familiares da vítima do homicídio também são policiais e acredita que o crime tenha sido causado como vingança. Um helicóptero da Polícia Militar chegou a fazer buscas pelos suspeitos na região, mas até o momento ninguém foi encontrado.

Fonte: DiáriodaMídia
Por: Liziane Berrocal