Atiradores colheram cápsulas disparadas em atentado, dizem testemunhas - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

27/07/2017

Atiradores colheram cápsulas disparadas em atentado, dizem testemunhas

Os tiros perfuraram apenas a janela do veículo Peugeot. (Foto: João Paulo Gonçalves)
Os atiradores do atentado, desta tarde (27) no Jardim Carioca, fugiram do local depois de recolher algumas das cápsulas dos tiros disparados contra as três vítimas que estavam no veículo Peugeot, 207, preto, da Uber.

Ainda perplexos com o ocorrido os moradores preferiram não se identificar e não sabem sequer precisar a quantidade de atiradores, mas afirmam que alguns deles recolhiam as cápsulas disparadas. Os polícias encontraram inicialmente no local do crime, apenas três cápsulas calibre .380 e também .40.

A Polícia Civil ainda faz buscas atrás dos atiradores e a delegada responsável pelo atendimento da ocorrência, Christiane Grossi do 7º DP (Delegacia de Polícia) evitou dar mais detalhes de como prosseguirão as buscas.

Ou comentar, por exemplo, se a suposta tática usada pelos criminosos seria para dificultar a identificação dos suspeitos. Os autores estariam em uma camionete Hillux, prata e em uma motocicleta.

Atentado 

O veículo era conduzido pelo motorista da Uber Nelson Miashiro Tobaru, de 38 anos, que levou três tiros e deve passar por cirurgia na Santa Casa de Campo Grande. Os dois jovens que morreram são Reynam Felipe Vieira de Oliveira e Maickon Alves Marques, ambos de 22 anos ao serem atingidos por diversos disparos de grosso calibre.

Após os disparos o motorista tentou fugir, mas o veículo parou sobre o meio-fio próximo ao cruzamento Rua Visando com a Zacarias Mourão. A suspeita é de que o crime tenha relação com outro duplo homicídio, que ocorreu no último domingo (23), no Jardim Campo Alto, em Campo Grande.

Fonte: campograndenews
por: Adriano Fernandes e Lucas Junot