ANTÔNIO JOÃO| Município terá ampliação da rede de esgoto - JORNAL CORREIO MS

Campo Grande (MS),

LEIA TAMBÉM

Post Top Ad

27/07/2017

ANTÔNIO JOÃO| Município terá ampliação da rede de esgoto

Durante viagem a Campo Grande prefeita manteve reunião com o presidente da Sanesul e discutiu parceria com o Incra para fazer regularização fundiária

Reunião com a diretoria da Sanesul em Campo Grande © Divulgação
A prefeita de Antônio João, Márcia Marques, acompanhada do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Jayme Schneider, e do engenheiro Hugo Prado, manteve na última terça-feira, dia 25, duas importantes reuniões na Capital do Estado, com resultados positivos para o município. 

De acordo com a prefeita as audiências foram com o superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), Humberto Maciel, e com o diretor-presidente da Sanesul, Luiz Carlos Rocha, que estava acompanhado do diretor de engenharia e meio ambiente da empresa, José Carlos Queiroz.

Márcia Marques disse que durante a reunião com a diretoria da Sanesul foram discutidos investimentos que vão assegurar a elevação para no mínimo 40% de cobertura da rede de esgotamento sanitário no município, cujas obras deverão ser iniciadas em 2018.

“Na oportunidade também tratamos com o presidente da Sanesul, Luiz Rocha, como será a logística de execução das obras. Acertamos que as ruas receberão redes duplas – dos dois lados da calçada –, evitando dessa forma atrapalhar o serviço de recapeamento que será feito primeiro”, destacou a prefeita, ressaltando a parceria com o governo estadual para recuperar as principais vias pavimentadas de Antônio João. 
Reunião com o superintendente regional do Incra © Divulgação
Já com o superintendente do Incra, a prefeita Márcia Marques e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jayme Schneider, trataram de outro tema relevante para a população do município que é a regularização fundiária. O objetivo é aproveitar a edição de uma Medida Provisória (MP) já aprovada pelo Congresso Nacional e que ainda depende de regulamentação, para executar a regularização de várias áreas.

“O superintendente do Incra já demonstrou a disposição de colaborar com o município e tão logo os efeitos da MP estejam em vigor, vamos voltar a nos reunir para dar prosseguimento ao trabalho de regularização fundiária, que é uma forma de assegurar o direito das pessoas que vivem em áreas ainda não documentadas no município”, destacou a prefeita Márcia Marques.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jayme Schneider, disse que a gestão da prefeita Márcia Marques já deu um importante passo no sentido de fazer a regularização fundiária. “A atual administração já fez o trabalho de georeferenciamento de todo o território municipal e temos aerofotometria de todos os imóveis existentes no município. Agora, precisamos avançar no sentido de fazer a regularização dos imóveis irregulares para que o proprietário tenha toda a documentação, o que é sem dúvida uma questão de segurança, e o município receba pelo IPTU e também o ITBI em caso de transferências”, disse o secretário.

Schneider disse que outro tema tratado pela prefeita na reunião com o superintendente do Incra refere-se ao projeto de reassentamento das famílias que foram desalojadas no distrito de campestre. “São pessoas que possuíam pequenas áreas de terra e que hoje precisam retornar para a área rural. A sugestão é para que o Incra adquira uma nova área para que essas famílias possam voltar a morar no campo”. 

Fonte: ASSECOM