Header Ads

Campo Grande (MS),

Acampamento dos Policiais Civis completa 30 dias em frente à governadoria.

© Divulgação
Nesta sexta-feira (07), os policiais civis completam um mês acampados em frente à governadoria em protesto ao governo do estado que não cumpriu os compromissos firmados com a categoria desde 2014 e ratificado pelos secretários Carlos Alberto Assis e Eduardo Riedel em 2016. O documento assinado prometia a reestruturação da carreira e o reposicionamento salarial entre os seis melhores do país com base no salarial inicial da carreira, que atualmente é de apenas R$ 3.888,26. “O governo do estado está distorcendo informações ao declarar que a maior parte dos policiais civis tem um bom salário, quando na realidade essa maioria é composta por policiais civis que já estão no final da carreira e que têm um subsídio equivalente ao salarial inicial de outros estados”, declara o presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda.

© Divulgação
O governo do estado ofertou 2,94% de reajuste salarial a todos os servidores públicos, percentual inferior a inflação registrada de maio de 2016 a maio de 2017, que foi de 3,59% segundo o IPCA. Os policiais civis se reunirão em assembleia geral na próxima segunda-feira (10), às 16h em frente à governadoria, para decidir se aceitam a proposta. “Se a categoria decidir continuar o protesto, estamos preparados para ficar aqui até dezembro de 2018”, concluiu Giancarlo.

Fonte: ASSECOM
Por: Tamiris Barcellos
Tecnologia do Blogger.